Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Páscoa: Jesus ressuscitou!!!

A ressurreição  "E no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro. Correu pois, e foi a Simão Pedro, e ao outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse -lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram. Então Pedro saiu com o outro discípulo, e foram ao sepulcro. E os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais apressadamente do que Pedro, e chegou primeiro ao sepulcro. E, abaixando-se, viu no chão os lençóis; todavia não entrou. Chegou pois Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis, E que o lenço, que tinha estado sobre a sua cabeça, não estava com os lençóis, mas enrolado num lugar à parte. Então entrou também o outro discípulo, que chegará primeiro ao sepulcro, e viu, e creu. Porque ainda não sabiam a Escritura: que era necessário que ressuscitasse dos mortos. Tornaram pois os discípulos para casa." (João 20 -1 ao 10) Até aqui

Ele morreu por mim e por você

Hoje se comemora o dia da Paixão de Cristo. Mas o que Jesus fez por nós deve ser lembrado todos os dias e não apenas na chamada sexta-feira santa. O Seu sacrifício lá na cruz do Calvário há mais de 2000 anos atrás mudou o rumo da História, mudou o mundo e mudou a nossa sorte. Pelo Seu sacrifício o homem pode reconciliar se com Deus e obter o perdão de seus muitos pecados tendo assim a chance da vida eterna. Se não fosse Jesus ter se entregado por nós , o que faríamos para ter acesso ao Pai Celestial? O que seria da gente? Mas essa história de amor é real. Deus enviou a Terra o seu único Filho, que também é Deus, para nos salvar. Ele se transformou em homem mortal, nasceu pobre, viveu entre nós cumprindo sua missão divina até que chegou o dia, já antes profetizado por Isaías, dele ser acusado, julgado e condenado a morrer numa cruz, sendo antes zombado, escarnecido, humilhado e açoitado. Mas Ele suportou tudo calado, não abriu a boca, não desistiu do plano de redenção para a nossa v