Deus e Israel - Deus e a Igreja

 [ Mensagem para Hoje ] 
A Palavra do Senhor para nós hoje é de promessas de bençãos e livramentos mas também tem um recado divino, sobre a desobediência de seu povo.  
Foi assim com Israel e hoje acontece com a Igreja. O mesmo Deus que exigia fidelidade daquele povo e cobrava pelos seus pecados, é o mesmo Deus que vê a Igreja hoje e as suas obras. 

"Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, creiais e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador.
Eu anunciei, salvei e o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, (...) eu sou Deus.
Ainda antes que houvesse dia, eu sou; ninguém há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?" 

Nestas palavras, profetizadas por Isaías, o Senhor Deus, mais uma vez se revela ao seu povo. O povo a quem Ele escolheu e destinou para serem suas testemunhas e declararem a outros povos, o seu grande poder. 

O Senhor afirma que é ele mesmo quem está falando e que é o único Deus. Nem antes houve e nem depois haverá um Deus assim.

Ele é o Senhor e o único Salvador. 
Deus falou com Israel e hoje fala conosco, a Igreja. 
Não vamos nos esquecer que somente ele é Deus e Senhor e não há salvação em nenhum outro lugar.

Por que será que tem pessoas que parecem perdidas ou estão procurando em outros lugares algo para atender suas necessidades sendo que com o Santo de Israel nós temos tudo? 
Infelizmente, hoje em dia, tem gente da igreja buscando falsos deuses e se esquecendo de tudo o que o Senhor já fez em sua vida.
Mas ele continua falando, através de sua palavra, que nos salvou. Mas: "deus estranho não houve entre vós". Não pode ter um "deus estranho" nessa relação. O Senhor nunca irá aceitar isso.
Ele nunca aceitou que Israel servisse outro deus e conosco é da mesma maneira. 
Esse falso deus não é necessariamente uma imagem de escultura ou um ídolo qualquer. Pode ser um ser humano, pode ser um bem material, ou entretenimento, vício... 
Se houver, temos que tirar porque nós já temos um Deus e ele é verdadeiro e poderoso. Não precisamos de mais nada.


Veja o versículo 13. Quão lindo não é? Eita Deus tremendo.
Deixa Deus agir. Ninguém pode com ele. E se estivermos servindo tão-somente a ele, ninguém poderá impedir o agir dele em nossa vida.
E nesse agir tem vitória, tem livramento. Creia somente.
Olha o que ele faz com os inimigos do seu povo: 

"Assim diz o Senhor, vosso Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviei inimigos contra Babilônia, e a todos os caldeus fiz descer como fugitivos, nos navios com que se vangloriavam." 
 
MAS PARA O POVO QUE INSISTE EM CONTINUAR NO PECADO, A PALAVRA É: 

"Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó, mas te cansaste de mim, ó Israel.
Não me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; (...) 
... mas me deste trabalho com os teus pecados e me cansaste com as tuas iniquidades.
Teu primeiro pai pecou e os teus intérpretes prevaricaram contra mim.
Por isso profanei os príncipes do santuário; entreguei Jacó à destruição e Israel à zombaria."  

O mesmo Deus que falou, nos versículos anteriores, com palavras de salvação e benção, é o mesmo Deus quem fala nos últimos versículos.
Porque ele é o Deus de misericórdia e de juízo.
O Deus que salva e o Deus que condena.
E ele nunca irá concordar com os pecados do seu povo e nunca deixará de cobrar. 

O que está faltando para a Igreja hoje? 
Está faltando a devida reverência ao Senhor e a devida honra ao seu Santo Nome.
Ao invés disso porém, estamos vendo escândalos e mais escândalos.
Com isso, vêm as zombarias e as piadas. 
E Deus permite tudo isso quando o seu povo não lhe obedece e deixa a sua lei. 

Ele simplesmente entrega o seu povo nas mãos de seus inimigos, como fazia com Israel.

Mas nós podemos escolher hoje: 

A salvação ou a condenação divina.
O livramento ou o desprezo divino.
Ele já nos escolheu mas depende de nós se vamos continuar ou não em sua santa presença.
 
Que não haja deus estranho entre nós.
Deixemos o verdadeiro Deus agir em nossa vida.



Comentários