Abel e Enoque

E vamos para a primeira história da Bíblia desta série de postagens que iniciei há duas semanas.
Vou trazer aqui alguns personagens bíblicos e dentre eles, alguns que não são tão conhecidos mas que, cada um, de uma forma ou outra, nos deixou belos exemplos e um legado de fé em Deus.
Vão ter personagens também que cometeram graves erros e eu já adianto que não se trata do rei Davi (serão outros) mas nós veremos que o Senhor usou o erro deles para nos ensinar importantes lições e lições de vida.
E hoje terá não apenas uma história mas serão duas histórias.
Sim, como esses homens tiveram uma biografia breve então eu reuni-as e vamos ver o que podemos notar e aprender ainda mais sobre pessoas que realmente agradaram a Deus.
Mesmo que você já conheça as histórias de Abel e Enoque, (eu também conheço)  o Espírito Santo quer falar conosco hoje novamente. 



ABEL

(Gênesis 4)
"E deu à luz mais a seu irmão Abel; Abel foi pastor de ovelhas e Caim foi lavrador da terra.
E aconteceu depois de uns tempos, que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor.
E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas e da sua gordura; e se agradou o Senhor de Abel e de sua oferta.
 Mas de Caim e da sua oferta não se agradou. E irou-se Caim fortemente e descaiu-lhe o semblante.
 E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? 
Se bem procederes, não é certo que serás aceito? E se não procederes bem, o pecado jaz á porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.
 E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel e o matou."

Adão e Eva eram um casal e tiveram inicialmente dois filhos: o mais velho chamado Caim e Abel o mais novo.
Eles cresceram juntos e cada um tinha a sua profissão.
Eram irmãos e próximos mas bem diferentes um do outro.
E nós podemos ver isto no episódio que a Bíblia relata quando os dois ofereceram ofertas ao Senhor.
Sim, eles sabiam quem era o Supremo Criador de tudo e que merecia louvor e honra.
Mas antes disso, Deus já conhecia a cada um. Ele sabia quem era e como era Caim e também conhecia muito bem Abel.
Caim trouxe a sua oferta -  do fruto da terra.
Abel também trouxe a sua oferta ao Senhor - ele ofereceu dos primogênitos das suas ovelhas e porção de gordura também (quer dizer, ele se preocupou em dar o seu melhor).
E Deus se agradou e recebeu a oferta de Abel porém não se agradou de Caim e nem de sua oferta.

Então o irmão mais velho ficou inconformado e com muita raiva. Deus viu ele assim, falou com ele e lhe mostrou que não era como ele queria pois, para ser aceito, teria que agir corretamente.
Mas não adiantou.
Caim escolheu outro caminho: o caminho da desobediência a Deus. Ele preferiu dar lugar à inveja, à raiva e tudo isto o levou a praticou o mal: acabou matando o seu próprio irmão (este foi o primeiro homicídio que houve na terra).
Se Caim já andava errado antes, agora sua situação ficou pior.
Mas o personagem principal desta história é Abel.
E o que nós podemos aprender com ele hoje?

Ele viveu tão pouco não é? Sua vida foi mencionada na Bíblia em apenas algumas linhas.
Mas uma coisa é certa: o pouco que Abel viveu foi para honrar a Deus.
Ele tinha um irmão que vivia do jeito que queria, não se importava em fazer as coisas da maneira correta mas Abel escolheu ser diferente.
Quando chegou o momento de oferecer a sua oferta, ele mostrou toda a sua obediência e reverência ao Senhor.
Deus não se agradou somente de sua oferta mas dele também porque conhecia o seu coração e a sua sinceridade.
Abel foi morto precocemente mas deixou o seu legado de fé e de um homem justo e esta foi a sua grande vitória: a de ter agradado ao Senhor.
Não olhe e nem se espelhe em quem não faz a vontade de Deus (pode ser quem for), se preocupe em dar o seu melhor Àquele que te deu a vida e pode te dar uma eternidade de paz. Adore e honre ao Senhor de todo o teu coração porque com certeza Ele irá te justificar.



ENOQUE

(Gênesis 5. 22-23-24)

"E andou Enoque com Deus; e não foi visto mais, porquanto Deus para si o tomou."

 Enoque é um outro personagem bíblico que teve sua vida relatada na Bíblia em pouquíssimas linhas mas que história linda de vida foi essa...
Imagine que naquele tempo, na Antiguidade, um tempo tão remoto mas que o pecado já existia e as coisas não estavam boas não.
Você pode ver depois que no capítulo seguinte (Gênesis 6) as Escrituras Sagradas já relatam que o gênero humano estava corrompido de tal forma que Deus em seguida teve de tomar uma atitude.
Mas aqui voltando a Enoque...
Ele se casou, teve filhos e filhas, quer dizer, tinha família. Era um homem normal.
Porém ele foi diferente dos demais seres humanos de sua época.
Ele optou por não se corromper com as coisas erradas que  haviam.
Enoque preferiu andar com Deus.

Mesmo vivendo num mundo caótico ele sabia que havia um Deus e que esse Deus era justo e amava a justiça e que portanto, nunca iria concordar com injustiças.
Enoque viveu de uma forma que agradou tanto ao Senhor que o Senhor o livrou de passar pela morte e ele foi arrebatado, trasladado para os céus.

E hoje, o que nós aprendemos com Enoque?
Podemos dizer que vivemos também em um mundo corrompido pela maldade e pelas coisas erradas que não agradam a Deus mas nós podemos fazer uma escolha:
E esta escolha está ao alcance de todos.
A escolha de não andar segundo os padrões e condutas mundanas mas a opção de ANDAR COM DEUS, fazendo a sua vontade.
E a vontade de Deus é que obedeçamos à Sua Palavra e vivamos uma vida de justiça e santidade.

Enoque não deu desculpas para o Senhor. Ele não entrou nas tendências erradas daquele tempo mesmo tendo a liberdade de escolher como queria viver.
Ele não se espelhou no ser humano mas olhou somente para o Senhor. 

Pode parecer que não mas Deus nos vê.
Ele não nos obriga a nada. 
Mas se nós quisermos lhe agradar, certamente seremos honrados, justificados e passaremos a eternidade com Ele. 

Quando você achar que não vale a pena ser fiel lembre-se desses dois homens:
Abel e Enoque. 

Até no Novo Testamento eles são citados porque quem agrada a Deus sua história não é esquecida. Vou deixar um exemplo aqui: 

"Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala.
Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus."

(Hebreus 11. 4-5) 


 




Comentários