O Arrependimento

free images 



E hoje chegou o dia de eu escrever sobre esse tema que me surgiu ao ver uma história na tv há três semanas.
Arrependimento. Mas o que de fato é? Quem precisa se arrepender? 
Nós já entendemos que se arrepender significa lamentar algo que praticamos e que se pudéssemos voltar atrás, não faríamos aquilo novamente.
E conforme o dicionário, o termo arrependimento é isto mesmo:
"Ação de mudar de opinião ou de comportamento em relação ao que já aconteceu." (dicio.com.br) 

E não tem ninguém neste mundo que nunca tenha errado e que portanto, não precise de arrependimento. Afinal, todos somos pecadores mesmo que muitos ainda não admitem ou achem que nunca falharam e que por isso não têm arrependimentos.
Hoje vou trazer dois casos que são relatados na Bíblia e que nos mostram claramente o que o Arrependimento provocou.
E eu já adianto:
O arrependimento muda vidas, muda destinos, o arrependimento salva.

EXEMPLO 1: 

ZAQUEU

(Lucas 19. 1-10)
        Zaqueu era um homem que viveu no tempo de Jesus. Ele trabalhava como coletor de impostos e por isso era chamado de publicano. O povo judeu o considerava um traidor porque ele servia o Império Romano.                                                                                                                                
Um dia, Zaqueu ouviu falar de Jesus. Ele ficou sabendo os milagres e ensinamentos do Mestre.
Quando Jesus passou por sua cidade que era Jericó, Zaqueu decidiu que não ia perder a oportunidade de vê-lo. 
Mas não seria fácil por causa da multidão que acompanhava o Senhor e ele era baixo. Mas Zaqueu não desistiu. Ele estava determinado a conhecer Jesus.
Foi então que teve a ideia de subir em uma árvore e aguardar para ver o Mestre passar.

Aí já vemos a admiração e respeito que aquele homem já sentia por Jesus e ele nem sequer imaginava que o Senhor já o conhecia tão bem.
Jesus olhou para cima e falou com ele. Disse-lhe que iria em sua casa para se hospedar e a alegria de Zaqueu foi muito grande. Imagine. Jesus não o decepcionou.
Ele viu que aquele homem que fazia tantas coisas boas pelo povo era diferente. Só podia ser o Salvador!
Ao conhecer Jesus, Zaqueu nunca mais foi o mesmo. Ele viu que tinha que fazer alguns reparos em sua vida e disse ao Senhor:
"E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.
E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão." 
 Acabamos de ver um grande exemplo de arrependimento.
Arrependimento é isto: mudança. Mudança de vida, mudança de rumo.
Zaqueu demonstrou estar arrependido de coisas ilegais que havia feito e prometeu a Jesus uma mudança em sua conduta dali para frente. Com isto, o Senhor mudou a sorte e o destino dele. Agora, Zaqueu era um homem salvo. Ele reconheceu Jesus como Salvador e obteve perdão de seus pecados.


EXEMPLO 2:

O LADRÃO NA CRUZ

Agora Jesus estava numa cruz crucificado.
E estava entre dois ladrões que também tinha sido condenados.
Não bastasse tudo o que o Mestre já tinha passado e estava passando ainda, com a zombaria dos soldados, dos religiosos e de tantos outros, esses que estavam também pendurados numa cruz, lhe insultavam (Mateus 27.44) até que chegou num ponto que aconteceu isto:
 " E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? 
 Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam, mas este nenhum mal fez.
 E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
 E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso."
(Lucas 23. 39-43) 
Vimos outro grande exemplo de arrependimento.
Enquanto um continuava a blasfemar de Jesus, o outro malfeitor caiu em si e viu que eles estavam bem errados. Mas muito errados mesmo.
Eles estavam ali pagando pelos crimes que cometeram (conforme a lei daquele lugar) mas Jesus não havia feito nada de errado.
Aquele ladrão reconheceu enfim que não estava crucificado ao lado de qualquer um. Ele estava ao lado do Salvador e Senhor. Estava ao lado de um Rei e por isso fez aquele pedido, em seus últimos momentos de vida.
Se reconheceu como um pecador que deveria mesmo pagar pelos seus erros e viu em Cristo a possibilidade de obter perdão e desta forma não ser condenado também pela justiça divina, padecendo assim eternamente. 
Jesus não o decepcionou. Ele foi salvo.

Eu e você podemos não ter cometido os mesmos pecados de Zaqueu e do ladrão da cruz mas certamente somos pecadores também e precisamos nos arrepender.
Não há ninguém que possa falar que nunca errou e que não precise da misericórdia de Deus.
Por isso, o arrependimento deve existir e de preferência hoje. 
Porque somente com arrependimento de nossos pecados poderemos alcançar a salvação em Cristo Jesus.

"Porque todos pecaram..."  (Romanos 3.23 ) esta é a condição do ser humano: pecador.
"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido."    (Lucas 19.10) este é o papel de Jesus: Salvador.
Nunca se esqueça: 
O arrependimento muda uma história, muda um destino.
Arrependimento salva! 







Comentários