Dezembro para Jesus: Os Discípulos

 [ Especial de Mensagens sobre Jesus ] 
Hoje volto aqui para dar continuidade ao Especial "Dezembro para Jesus". Não é só porque é dezembro, não somente pelo Natal - que é uma data simbólica - mas para celebrar JESUS neste fim de ano, pois Ele é sim o personagem central da História e da Bíblia Sagrada.
JESUS é o tema central do Evangelho e ele deve estar presente em nossas vidas, em nossos corações e mentes durante todo o ano e por toda a vida, pois se não fosse por ele, não teríamos esperança alguma de salvação.
No post anterior que deu início a este especial, falei um pouco sobre o início do ministério do filho de Deus aqui na terra e hoje teremos a mensagem 2 que vai falar sobre "chamado". Isso mesmo. O chamado dos primeiros discípulos para essa obra maravilhosa.
O meu propósito também é mostrar, por meio das Escrituras, porque Jesus veio até nós e veremos quão grande foi essa prova de amor para conosco - míseros pecadores. Nós não merecíamos nada MAS Ele fez TUDO por nós. 

O CHAMADO 

Os primeiros discípulos 

"E Jesus, andando junto ao mar da Galileia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão, que lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores; 
E disse-lhes: Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens.
Então eles, deixando logo as redes, seguiram-no. 
E, adiantando-se dali, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, num barco com seu pai, Zebedeu, consertando as redes; e chamou-os.
Eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no." 

Ao ler os versículos acima, nós podemos observar que, quando Jesus chama alguém é porque ele já conhece aquela pessoa e tem um plano em sua vida.
E Jesus não chama ninguém para ficar parado, acomodado. Não.
Pois, nem Ele mesmo sendo o Filho de Deus, não ficou de braços cruzados - como nós vimos no post anterior.
Jesus sempre vai chamar o homem para realizar determinada missão.
Simão e André, que eram irmãos; Tiago e João (filhos de Zebedeu) já tinham o seu trabalho terreno (eram pescadores) mas o Senhor tinha algo maior para eles. 
A partir desse chamado, eles iriam seguir o Mestre e se tornar "pescadores de homens".

O chamado de Mateus (Levi) 

"E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na alfândega um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu." 

O Senhor Jesus encontrou outro homem trabalhador e lhe chamou para o ministério. 
Olha só como o chamado de Cristo tem poder. 
Quando ele chama, não importa o que você esteja fazendo. Não importa de onde você veio, quem é a sua família ou o tipo de trabalho que exerce.
Ao ouvir o chamado de Jesus, você somente precisa se levantar e segui-lo.
Não é preciso questionar: quem o segue sabe que está no caminho certo. 


Felipe e Natanael

"No dia seguinte quis Jesus ir à Galileia e achou a Filipe, e disse-lhe: Segue-me! 
E Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro.
Filipe achou Natanael e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José. 
Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem e vê.
Jesus viu Natanael vir ter com ele e disse dele: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo.
Disse-lhe Natanael: De onde me conheces tu? Jesus respondeu e disse-lhe: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira. 
Natanael respondeu e disse-lhe: Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o Rei de Israel." 


Aí está: quando Jesus chama é porque ele já conhece e tem uma obra a realizar.
E o seu chamado tem autoridade e eficácia, pois, a quem ele escolheu, se tornou o seu discípulo.
Filipe foi chamado por Jesus e ele já estava impressionado com tudo o que estava vendo o Mestre realizar e então, chamou Natanael.
A fé de Filipe levou o incrédulo Natanael até Jesus.
Mas Jesus já conhecia Natanael - e o chamado em sua vida era certo.
Tanto é que ao ouvir as suas palavras, Natanael se rendeu ao Senhor e creu nele.
Pronto. Agora esses homens tinham uma missão.

E é isso o que Jesus faz.
Como aconteceu com aqueles homens, o mesmo pode acontecer conosco.
Porque ao nos encontrarmos com o Filho de Deus, ele vai mudar o nosso nome, a nossa visão e até mesmo a nossa história.
Tudo muda quando Jesus chega.
Passamos a fazer coisas que não fazíamos antes. Queremos falar dele para os outros. 

Os doze

Mas não foram apenas esses. O divino Mestre chamou, para o acompanhar, mais homens que se transformaram nos seus 12 discípulos.
Homens que, a partir do chamado, começaram a viver e conviver com o Mestre, seguindo ele e aprendendo muito até estarem preparados para a Grande Missão.
Esses, com exceção de Judas Iscariotes - que foi o traidor - se tornaram apóstolos e nunca se esqueceram do que aprenderam com o Senhor e também nunca mais ficaram calados.

"E subiu ao monte, e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele.
E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse pregar, 
E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios: 
A Simão, a quem pôs o nome de Pedro,
E a Tiago, filho de Zebedeu, a João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão; 
E a André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé e Tiago, filho de Alfeu, a Tadeu, e a Simão o Zelote, 
E a Judas Iscariotes, o que o entregou.
E foram para uma casa. E afluiu outra vez a multidão, de tal maneira que nem sequer podiam comer pão." 

Veja, como é bom estar com Jesus não é verdade? 
Onde ele está há paz, há alegria e solução para os problemas.
Esses homens que foram escolhidos e se tornaram seus discípulos realmente foram privilegiados. 
E também entraram para a História como os 12 discípulos do Mestre.
As outras pessoas - o povo - também não queria ficar longe dele.
Pois, quem conhece Jesus de verdade - não o deixa por nada.


Para terminar: 
Além do chamado espiritual, veja só o que Jesus faz na vida de quem deixa tudo para o seguir: 

"E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto e lançai as vossas redes para pescar.
E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.
Então, fazendo assim, colheram uma tão grande quantidade de peixes, que rompia-se-lhes a rede.
E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que fossem ajudá-los. Eles foram e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique.
E vendo isto Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um pecador." 

Do nada para o tudo.
Da escassez para a abundância.
Do impossível para o milagre.

O que a gente aprende hoje com essas histórias? 
Que: 
Quando Jesus chama - é só segui-lo porque o seu destino será de luz.
Quando Jesus manda - é só obedecer para ver a grande mudança na sua história.

Isso e muito mais na vida de quem o segue e lhe obedece.

Citações bíblicas em:

Mateus 4. 18 ao 22
Mateus 9.9 
Marcos 3. 13 ao 20 
Lucas 5. 4 ao 8
João 1. 43 ao 49 

______________________________________________________

Para ler o post anterior - sobre o início do Ministério de Jesus - clique no link abaixo: 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO