Mulheres da Bíblia: Raabe e Débora

 [ Série Bíblica: Mulheres da Bíblia ]   
Parte II: Continuando a série, hoje vou falar de mais 2 mulheres que foram citadas na bíblia e tiveram um papel importante no plano divino. 

RAABE 

 Raabe, uma mulher prostituta da cidade de Jericó - ela não era do povo de Israel e Débora, uma mulher profetisa e juíza. Elas duas tiveram participação nas vitórias que Deus deu ao seu povo. 
Raabe mesmo fazendo parte de outro povo - idólatra e pagão - se rendeu ao Deus de Israel, pois já tinha ouvido falar de seus grandes feitos pelo seu povo e ela creu. Não somente creu mas teve uma atitude que fez toda a diferença na sua vida e na vida de sua família - para sempre.
Moisés tinha morrido e agora o novo líder de Israel era Josué. E depois de tanto tempo vagando pelo deserto, chegou o momento de entrar na Terra Prometida. Porém, ainda havia algumas batalhas a vencer.
E o primeiro obstáculo era a cidade de Jericó - uma cidade murada. Então Josué, em segredo, enviou 2 homens para lá, a fim de espiar aquela terra.

Quando os espias chegaram, resolveram ficar e dormir na casa de uma mulher prostituta chamada Raabe que os recebeu. Ela morava sobre o muro da cidade. 
Mas logo o rei de Jericó ficou sabendo que havia dois espias de Israel ali e como eram inimigos, ele deu ordem a Raabe para que ela colocasse para fora aqueles homens.

Foi aí que Raabe os escondeu no telhado de sua casa - entre canas de linho - e quando os soldados do rei foram em busca deles ela lhes disse que já tinham ido embora e ela não sabia de onde eles eram e nem para onde teriam ido mas que se fossem atrás, poderiam alcançá-los.

Nesta situação, foi a opção que Raabe encontrou para preservar a vida dos espias judeus.
Ela sabia que haveria uma guerra e também sabia que o Deus de Israel era forte e poderoso e que o seu povo vencia todas as batalhas.
Sendo assim, Raabe preferiu ajudar o povo inimigo. Com isso, ela mostrou ter muita fé e coragem, pois, estava indo contra o seu próprio povo. 


Quando os soldados do rei foram embora, ela foi até os espias no telhado e lhes disse:     

"Bem sei que o Senhor vos deu esta terra e que o pavor de vós caiu sobre nós e que todos os moradores da terra estão desmaiando diante de vós.
Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito e o que fizestes aos dois reis dos amorreus, a Seom e a Ogue, os quais destruístes.
O que ouvindo, desfaleceu o nosso coração e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima nos céus e embaixo na terra." 

Raabe sabia quem era o DEUS DE ISRAEL. E ainda ela o reconheceu como o único Deus soberano, nos céus e na terra.
Isso já contrariava o restante de seu povo que adoravam vários deuses. 

Então, ela faz um pedido aos 2 homens espias: 

"Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo Senhor, que, como usei de misericórdia convosco, vós também usareis de misericórdia para com a casa de meu pai e dai-me um sinal seguro,
De que conservareis com a vida meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm e de que livrareis as nossas vidas da morte." 

Daí que um acordo foi feito entre Raabe e os espias:

"A nossa vida responderá pela vossa até à morte, se não denunciardes este nosso negócio e será que, dando-nos o Senhor esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade."

Ela então os desceu lá de cima por uma corda pela janela e os instruiu a irem pelo monte e ficarem ali 3 dias para depois retomar o caminho de volta para que porventura não se encontrassem com os soldados que os procuravam.

Os espias, por sua vez, deram essa instrução para Raabe: 

"Eis que, quando nós entrarmos na terra, atarás este cordão de fio de escarlata [vermelho] à janela por onde nos fizeste descer..."

Eles ainda lhe disseram que, para que fossem salvos, todos da sua casa e família deveriam estar dentro da casa e não fora.
Raabe concordou com tudo e logo já colocou o cordão escarlata na sua janela.

E o que aconteceu depois? 

DEU TUDO CERTO.
Para os espias do povo de Israel que puderam voltar em paz e levar as informações à Josué e também para Raabe que foi salva com toda a sua família quando o povo de Deus (ao cair as muralhas de Jericó milagrosamente), entrou naquela terra e destruiu tudo.

"Assim deu Josué vida à prostituta Raabe, à família de seu pai e a tudo quanto tinha..."

O que nós, mulheres, aprendemos com essa mulher? 

Nós aprendemos que FÉ e CORAGEM salvam. 
Fé no único Deus verdadeiro e coragem para tomar a decisão certa e agir, mesmo em situações complicadas.
Raabe era inteligente, determinada e perspicaz e além de tudo, também se importava muito com a sua própria família. 
Tudo isso fez uma grande diferença em sua vida e ela foi honrada por Deus:

"... e habitou no meio de Israel até o dia de hoje; porquanto escondera os mensageiros que Josué tinha enviado a espiar a Jericó." 

 Ela ainda é citada no Novo Testamento: genealogia de Jesus Cristo, pois fez parte da linhagem do Messias;
em Hebreus 11.31
"Pela fé, Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias." 
E em Tiago 2.25:
"E de igual modo Raabe, a meretriz, não foi também justificada pelas obras, quando recolheu os emissários e os despediu por outro caminho?"  

FÉ no Deus vivo e DETERMINAÇÃO para ajudar um povo do qual não fazia parte (e isso poderia ter lhe custado a vida) fizeram de Raabe uma heroína da fé que entrou para a História.
Deus é Fiel. 

******************************************

DÉBORA

Agora, vou falar de outra mulher cujo nome era Débora.
Débora fazia parte do povo de Israel e era casada com um homem chamado Lapidote.
Ela era profetisa e também se tornou juíza, julgando as causas do povo de Deus, pois naquele tempo o povo não tinha rei e o cargo de juíz era portanto, elevado. 
O povo judeu estava sofrendo muito porque o rei de Canaã os oprimia e a situação estava difícil.
Deus havia entregado o seu povo nas mãos do rei Jabim por causa da desobediência de Israel.
Então chegou num ponto que:

"... os filhos de Israel clamaram ao Senhor, porquanto ele tinha novecentos carros de ferro, e por vinte anos oprimia violentamente os filhos de Israel."

Foi então que Débora, que já era uma respeitada líder do povo, se colocou à frente - com a direção de Deus - para lutar pelo seu povo.
Ela chamou um homem que tinha por nome Baraque e o instruiu assim: 

"Porventura o Senhor Deus de Israel não deu ordem, dizendo: Vai, atrai gente ao monte Tabor e toma contigo dez mil homens dos filhos de Naftali e dos filhos de Zebulom?   
E atrairei a ti para o ribeiro de Quisom, a Sísera, capitão do exército de Jabim, com os seus carros e com a sua multidão; e o darei na tua mão." 

Deus usou Débora para falar com Baraque e lhe garantiu que a vitória contra o inimigo poderoso seria certa.
Imagine que o oponente tinha uma multidão de homens com ele além da enorme quantidade de carros de ferro. Já Israel não podia contar com isso.
Mas, uma vez mais, Israel pode contar com quem NUNCA perdeu uma guerra: o Deus Todo-Poderoso.

Baraque então disse a Débora: 
"Se fores comigo, irei; porém, se não fores comigo, não irei."  

Débora lhe respondeu: 
"Certamente irei contigo, porém não será tua a honra da jornada que empreenderes; pois à mão de uma mulher o Senhor venderá a Sísera."     

Então foi Débora com Baraque para comandar a peleja.
Baraque convocou os seus homens e Sísera, o capitão do exército do rei Jabim, também convocou os seus, juntamente com os carros de ferro.
O momento crucial chegou e Débora estava lá - para liderar e transmitir a palavra do Senhor a Baraque: 

"Levanta-te, porque este é o dia em que o Senhor tem dado a Sísera na tua mão; porventura o Senhor não saiu adiante de ti?"   

E então chegou o momento da vitória para...
O povo de Israel: 

"E o Senhor derrotou a Sísera, a todos os seus carros e a todo o seu exército ao fio da espada, diante de Baraque; e Sísera desceu do carro e fugiu a pé."   

A palavra de Deus - proferida por Débora - foi cumprida.
Mas ainda faltava algo: a derrota de Sísera.

Ele fugiu e chegou à tenda de Jael, mulher de Héber, do povo queneu. 
Como a relação entre o rei Jabim e a casa desse homem era boa, o capitão do exército derrotado, Sísera, não achou nada mal pedir abrigo ali.
Jael logo lhe saiu ao encontro e o recebeu de bom grado em sua casa.
Mas ela tinha um plano.
Ele estava muito cansado e com sede então ela lhe deu leite e o cobriu com uma coberta.
Estando ele já dormindo, Jael o matou atravessando uma estaca da tenda com um martelo em sua fronte.
Isso porque ela estava ao lado do povo de Deus e numa situação de guerra deveria derrotar o inimigo.
Dessa forma se cumpriu a palavra de Deus que ele entregaria Sísera nas mãos de uma mulher.
Quando Baraque chegou lá à procura do capitão, Jael lhe mostrou  que ele não precisava mais se preocupar.

"Assim Deus naquele dia derrotou a Jabim, rei de Canaã, diante dos filhos de Israel.
E continuou a mão dos filhos de Israel a pesar e a endurecer-se sobre Jabim, rei de Canaã; até que exterminaram a Jabim, rei de Canaã."

Com a grande vitória dada por Deus ao seu povo e tendo exercido um papel fundamental, agora foi a vez de Débora entoar um cântico ao Senhor.
Esse poema está registrado em Juízes 5 é um dos mais antigos sobre o povo de Israel.
Final do cântico: 
"Assim, ó Senhor, pereçam todos os teus inimigos! Porém os que te amam sejam como o sol quando sai na sua força."
E depois disso, houve paz por 40 anos.  

E o que nós, mulheres, aprendemos com Débora? 
Nós aprendemos que a mulher também pode ocupar um cargo de liderança e ser vitoriosa nas batalhas da vida.
Débora era uma mulher forte e corajosa.
Tinha compromisso com Deus e com o seu povo.
Ela não recuou quando foi escolhida para ser juíza de Israel e nem se intimidou quando chegou o momento da peleja.
Pelo contrário. Ela sabia o Deus ao qual servia e demonstrou ter iniciativa e atitude em um momento delicado.
São mulheres assim, como Débora, que fazem a diferença e entram para a História. 
Portanto, coloquemos o Senhor à nossa frente e não tenhamos medo de nada pois se Ele está conosco, a vitória não somente é garantida como também será muito grande em nossa vida.

Textos bíblicos:   
Josué 2 e 6
Juízes 4 e 5
Consultas: Bíblia da Mulher (Sociedade Bíblica do Brasil)   

Esta série continua na próxima sexta-feira querendo Deus.

Para ler a parte I da série clique aqui.


Comentários