Pedro e Jesus

 [Série Bíblica: Simão Pedro] A nova série bíblica do blog vai falar sobre Pedro, um discípulo de Jesus Cristo. Simão Pedro foi um dos homens chamados para acompanhar o Mestre em sua missão terrena e ele se destacou em várias ocasiões tendo erros e acertos. Pedro era impulsivo e ousado e se entregou ao seu chamado de corpo e alma.
Hoje na primeira parte eu vou relatar alguns episódios que teve a participação de Pedro e veremos no fim, em sua relação com Jesus, como ele estava preparado para sua missão na Igreja de Cristo.  

SIMÃO

Tudo começou quando ele se encontrou com Jesus e aconteceu então o seu chamado.
Simão e André, eram irmãos pescadores e estavam trabalhando. Um dia, tudo mudou na vida deles para sempre: 

"E, [Jesus] entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; então assentando-se, ensinava do barco a multidão.
E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto e lançai as vossas redes para pescar.
E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede."  

Simão já tinha trabalhado a noite toda mas não havia conseguido nada - parecia que tinha sido tudo em vão. Mas daquela vez foi diferente.
Jesus chegou em sua vida para lhe mostrar que, se Ele está no barco, NADA É EM VÃO.
Há saída para tudo e o milagre acontece.  
Simão desde esse momento já demonstrou crer nas palavras do Mestre e lhe obedeceu prontamente. Foi aí que o milagre aconteceu: "colheram uma tão grande quantidade de peixes, que rompia-se-lhes a rede."
Com Jesus o milagre nunca é pequeno.

E o Senhor JÁ estava trabalhando no coração de Simão, ele ficou tão maravilhado que: 

"... prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador."  

Veja que coisa linda.
Ele reconheceu a santidade e poder do Mestre e viu que não passava de um homem pecador.

"E disse Jesus a Simão: Não temas, de agora em diante serás pescador de homens." 

Estava aí o CHAMADO.
Simão deixou tudo e seguiu a Jesus.
(Lucas 5. 1 ao 11) 








PEDRO 

Jesus foi à casa de Pedro (Simão) e chegando lá logo viu que a sogra dele estava doente, deitada com febre.
"Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão e levantou-a; e imediatamente a febre a deixou, e servia-os."
Pedro levou Jesus para sua casa e a bençâo alcançou também os seus familiares.
(Marcos 1. 29 ao 31)

Apóstolos: 


"E subiu ao monte [Jesus], e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele.
E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse pregar,
E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios:

A Simão, a quem pôs o nome de Pedro,"  

Simão foi um dos escolhidos e agora ele tinha também um novo nome: se chamava Pedro.💝 
(Marcos 3. 13 ao 16)

Pedro seguia Jesus e estava sempre perto dele sendo um dos mais chegados.
E quando ele queria falar algo ou perguntar, não se intimidava não. Ainda que ele errasse, queria saber de tudo. Isso fez ele se destacar em muitas ocasiões:

Na transfiguração

Um dia, Jesus levou consigo Pedro, João e Tiago para o monte.
Enquanto o Mestre orava, ocorreu algo lindo e glorioso: 

"E, estando ele orando, transfigurou-se a aparência do seu rosto, e a sua roupa ficou branca e mui resplandecente.
E eis que estavam falando com ele dois homens, que eram Moisés e Elias,

E aconteceu que, quando aqueles se apartaram dele, disse Pedro a Jesus: Mestre, bom é que nós estejamos aqui e façamos três tendas: Uma para ti, uma para Moisés e uma para Elias, não sabendo o que dizia."  

Mesmo sem entender nada do que estava acontecendo, Pedro sempre se sentia muito grato na companhia de Jesus e por ver todos aqueles sinais.
Ele perguntava, interagia e até mesmo dava sugestões... 
(Lucas 9.28 ao 33)

A confissão

Em um outro dia, estando Jesus 💖 com os seus discípulos, os interrogou dizendo: 

"Quem dizem os homens ser o Filho do homem? 
E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas.
Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? 

E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.
Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; 
E eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus."   

Pedro, mais uma vez, abriu a sua boca e nessa ocasião foi muito feliz, pois ele confessou que Jesus era o CRISTO e o Filho de Deus.
O Pai o revelou e ele não titubeou em confessar a Jesus que lhe disse então aquelas lindas palavras e afirmações categóricas sobre o ministério futuro de Pedro. 
(Mateus 16. 13 ao 19)  

No mar

E ainda em outro dia quando Jesus mandou que os seus discípulos entrassem no barco e fossem para o mar enquanto ele se despedia da multidão.     
O barco já estava no meio do mar e as ondas estavam fortes e o vento era contrário.
Até que: 

"Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.
E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.    

Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.  

E respondeu-lhe Pedro e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.
E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.
Mas, sentindo o vento forte, teve medo, e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? 
E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.
Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus." 💖💖💖 [que lindo...]

Dessa vez Pedro quis estar bem pertinho do Senhor Jesus em pleno alto mar.
Para ter certeza de que era mesmo o seu querido Mestre, ele lhe pediu que o chamasse.
Jesus então o encorajou a ir ter com ele e Pedro foi.  

Ah, Pedro... só você mesmo 😊💙
Mas não foi nada fácil para ele. Com o vento forte e começando a afundar, ele pediu socorro para Jesus que o salvou.

Pedro era assim: ele queria sempre estar participando de tudo com o Mestre e mesmo ainda não tendo uma fé sólida, ele não deixava de tentar.
(Mateus 14. 22 ao 33)  

Nos últimos dias

Estava chegando o tempo de Jesus ser entregue para ser crucificado.
Ele aproveitou os últimos dias de seu ministério terreno para ficar junto com os seus discípulos e lhes ensinar muitas coisas.
Então, um dia, o divino Mestre lhe ensinou mais uma lição: a lição da humildade: 

"ORA, ANTES da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim.    
Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e tomando uma toalha, cingiu-se.
Depois deitou água numa bacia e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.

Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim? 
Respondeu Jesus e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.
Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo.
Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça." 

Está aí. Pedro queria tanto entender as coisas do reino de Deus e ficar próximo de Jesus que ele questionava, expressava os seus pensamentos e sentimentos de uma forma muito verdadeira. Ele era ele mesmo. Pedro não se importava com que os outros pensassem dele. Ele só queria mesmo era estar dentro, participar do ministério de Jesus.
(João 13. 1 ao 9) 

Pedro foi avisado 

"Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim...
Mas Pedro, respondendo, disse-lhe: Ainda que todos se escandalizem em ti, eu nunca me escandalizarei.
Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás.
Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja mister morrer contigo, não te negarei. E todos os discípulos disseram o mesmo."   

Estava chegando o momento. Jesus seria entregue nas mãos dos pecadores para padecer.
Ele avisou os seus discípulos que isso os faria fugir e O abandonar.
E Pedro mais uma vez abriu a sua boca e prometeu lealdade a Jesus, qualquer que fosse a situação. Disse até mesmo que daria a sua própria vida por ele.
Mas dessa vez Pedro estava engando.
Na verdade ele estava CONVENCIDO de que era leal a Jesus mas a verdade é que ele ainda não estava PRONTO.

Foi então que, quando chegou o momento, Pedro temeu e vacilou: 

Pedro nega Jesus

Quando Jesus foi preso e estava sendo interrogado, Pedro, como era muito curioso e afoito, e não conseguia ficar longe do Mestre, foi até o sinédrio e ficou do lado de fora olhando.
Uma criada da casa o reconheceu como seguidor de Jesus mas ele negou que era.
Depois, outro criado também o reconheceu e ele novamente negou que conhecia Jesus.
Por fim, as outras pessoas que ali estavam, o apontaram como amigo do Mestre e ele chegou a jurar dizendo que nem sabia do que estavam falando.
Quando o galo cantou, Pedro então se lembrou do aviso de seu Mestre e a ele não restou alternativa senão sair dali e chorar amargamente.

Pedro falhou. Pedro negou Jesus.
Mas esse triste episódio em sua vida certamente o marcou para sempre.
Ele sabia o que era ser seguidor de Jesus e aprendeu também o gosto amargo de negar o seu Senhor.
(Mateus 26. 31 ao 35 e 69 ao 75)  

Até o fim

Depois que Jesus havia ressuscitado dos mortos e já tendo aparecido outras vezes aos seus queridos discípulos, um dia ele apareceu lá no mar Tiberíades.
Os discípulos estavam tentando apanhar peixes mas não conseguiam nada.
Até que quando Jesus chegou e lhes ordenou que lançassem a rede para o outro lado, eles conseguiram uma multidão de peixes.

Como no início do chamado, o milagre da pesca maravilhosa se repetiu.

Então:  

"E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.   
Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.
Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minha ovelhas."  

Jesus já sabia mas ainda lhe perguntou: "Simão, tu me amas?" 

"Senhor, tu sabes que te amo." 

E agora essa declaração de amor de Pedro a Jesus era profunda e verdadeira.
E esse amor foi até o fim.
Jesus sabia que podia contar com Pedro, pois ele O amava mais que tudo e lhe entregou em suas mãos a Sua igreja, lhe dando essa nobre missão e ele foi fiel até a morte. 

"Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te arrumavas, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te amarrará, e te levará para onde tu não queiras.

E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me!" 

E assim como foi no chamado para ser discípulo do Senhor, Jesus tornou a lhe dizer: "Segue-me!". 
(João 21)  

E Pedro O seguiu. Até o fim. 
O que Jesus falou para ele sobre ser moço e ser velho se cumpriu quando chegou a sua hora.
Ele foi perseguido por seu amor a Cristo e por pregar o Evangelho das boas-novas do reino e foi condenado à morte. 

Pedro foi crucificado numa cruz tendo uma morte muito parecida com a de Jesus mas ele não se achou digno de morrer igual o Seu Mestre.
Então pediu para que o crucificassem de cabeça para baixo.
Fizeram desse modo e acenderam uma fogueira que ia lhe queimando a cabeça enquanto ele morria crucificado. [segundo historiadores]

Depois de conhecer Jesus a vida de Simão nunca mais foi a mesma.
Ele atendeu o chamado e se tornou um seguidor e discípulo íntimo do Mestre.

Pedro acertou, errou mas nunca desistiu desse caminho.
Por isso, Jesus também nunca desistiu dele.
Jesus amou Pedro e acreditou nele.    

Pedro creu e amou Jesus até o fim.
O que ele aprendeu com o Salvador ficou marcado para sempre em seu coração.
O tempo que passaram juntos, a amizade e tudo o que viveram marcaram Simão Pedro para sempre.
E Deus completou a obra em sua vida.

Pedro se tornou um apóstolo cheio do Espírito Santo e ganhou para o Senhor milhares e milhares de almas.
A fé de Pedro rendeu frutos e o que Jesus havia lhe dito se cumpriu por completo. 
(Atos 2. 14 ao 41)  

É isso o que acontece quando nos entregamos de corpo e alma para Jesus.
Quando O amamos de todo o nosso coração.
Se em algum momento errarmos, mas se logo após vier o arrependimento sincero, o Senhor saberá que realmente queremos ficar ao Seu lado. 
Foi assim com Pedro. Depois de o conhecer, ele nunca mais quis ficar longe de Jesus.   


"Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.
E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho de Deus."  

Simão Pedro já sabia e cria desde o início que a mensagem de Cristo ERA REAL e conduzia ao céu porque Ele vinha do Pai.   
Ele foi fiel até o fim, deixou tudo e ganhou as riquezas celestiais.
Pedro venceu. Pois, quem segue a Jesus nunca perde. 
(João 6. 68 e 69)  

[Eu sempre fui admiradora de Pedro e gosto muito das passagens bíblicas com ele.
Para mim foi uma rica oportunidade escrever este post pois, há muito tempo já tinha essas ideias sobre ele e queria escrever. 
E o Senhor muito me ajudou e alegrou o meu coração ao ler e rever essas passagens.
Obrigada Jesus💖]

Continuação da série "Simão Pedro" no próximo domingo.  

Aguardo você para aprendermos mais do Senhor. 😊



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO