Noé - O pacto de Deus

 [ Série Bíblica: Noé ]  
3ª Parte: A chuva do dilúvio durou 40 dias e 40 noites. Mas a terra ficou submersa por 150 dias. 

"... e Deus fez passar um vento sobre a terra e aquietaram-se as águas.
Cerraram-se também as fontes do abismo e as janelas dos céus e a chuva dos céus deteve-se.
E as águas iam-se escoando continuamente de sobre a terra e ao fim de cento e cinquenta dias minguaram." 

Deus executou o seu juízo sobre toda a terra. Depois desse tempo de 5 meses ainda levaram mais alguns meses para toda a água escoar e a terra ficar seca por completo. Todo o processo do dilúvio durou 1 ano.
E como tudo o que o Senhor faz tem um tempo determinado, chegou então o tempo de Noé e sua família, juntamente com os animais, saírem da arca. Deus disse a Noé:  

"Sai da arca, tu com tua mulher e teus filhos e as mulheres de teus filhos.
Todo o animal que está contigo, de toda a carne, de ave e de gado e de todo o réptil que se arrasta sobre a terra, traze fora contigo; povoem abundantemente a terra e frutifiquem e se multipliquem sobre a terra." 

Noé e todos os que com ele estavam saíram da arca. Agora, a terra estava enxuta e renovada.
E o que Noé fez? 

"E edificou Noé um altar ao Senhor e tomou de todo o animal limpo e de toda a ave limpa e ofereceu holocaustos sobre o altar.
E o Senhor sentiu o suave cheiro e disse em seu coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a terra por causa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice; nem tornarei mais a ferir todo o vivente, como fiz.
Enquanto a terra durar, sementeira e sega, frio e calor, verão e inverno, dia e noite, não cessarão." 
 


O Senhor Deus recebeu o sacrifício de Noé e determinou não amaldiçoar mais a terra como havia feito com o dilúvio.
Deus ainda abençoou Noé e seus filhos e estabeleceu um lindo pacto com ele e toda a sua descendência: 

"E ABENÇOOU Deus a Noé e a seus filhos e disse-lhes: Frutificai e multiplicai-vos e enchei a terra.
Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado com a erva verde.
A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis. [ingerir o sangue do animal]
Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; da mão de todo o animal o requererei; como também da mão do homem, e da mão do irmão de cada um requererei a vida do homem."  

Veja o cuidado de Deus para com o ser humano. A sua providência quanto ao alimento - ele nos deixou a disposição para comermos - tanto animal como vegetal mas PROIBIU que seja consumido o sangue do animal.
O Senhor Deus também proibiu que um indivíduo tirasse a vida do outro. E se isso acontecesse, certamente ele pediria conta do sangue derramado - da vida tirada.
A terra e tudo o que há nela é do Senhor. A vida também.
Se o ser humano ultrapassar os limites divinos, certamente ele será cobrado.
Um dos motivos pelos quais o dilúvio aconteceu foi a extrema violência em que se encontrava a terra.
Então, já sabemos: Deus abomina a violência - o atentado contra a vida. 

A ALIANÇA DE DEUS: 

"E falou Deus a Noé e a seus filhos com ele, dizendo: 
Eis que estabeleço a minha aliança convosco e com a vossa descendência depois de vós.
E com toda a alma vivente, que convosco está, de aves, de gado e de todo o animal da terra convosco..." 

Olha que lindo!
Deus fez uma aliança até com os animais...
E Ele continua dizendo: 

"E eu convosco estabeleço a minha aliança, que não será mais destruída toda a carne pelas águas do dilúvio e que não haverá mais dilúvio, para destruir a terra.
Este é o sinal da aliança que ponho entre mim e vós e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas.
O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra."  

Deus determinou ainda que, não destruiria mais a terra por meio de um dilúvio. Isso, (o dilúvio), não vai mais acontecer.
E o sinal dessa aliança, desse pacto entre o Senhor Deus e toda a alma vivente e a terra, seria o seu arco nas nuvens do céu - o arco-íris.
E então... 

"E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens.
Então me lembrarei da minha aliança, que está entre mim e vós e entre toda a alma vivente de toda a carne e as águas não se tornarão mais em dilúvio para destruir toda a carne."  

Que lindooo... Deus é demais.
Imagine: O dilúvio havia terminado. Pode ser que ainda se pudesse sentir o cheiro de terra molhada. As nuvens apareceram no céu azul, e entre elas, um lindo arco-íris. 
Deus quem fez. É Deus quem faz. E o que ele determina, se cumpre.
Pode chover o tanto que for sobre a terra - ela não será mais destruída pelas águas.
Pode haver terremotos, furacões, tsunamis mas dilúvio, não.
O mesmo Deus que anunciou e fez acontecer o dilúvio, é o mesmo Deus que estabeleceu uma aliança para que esse evento não ocorresse mais.
E Ele sempre se lembrará disso.

O mesmo Deus que executa um duro juízo é o mesmo Deus que pode exercer a sua misericórdia e vice-versa. 

E a sua palavra, as suas ordenanças nunca mudará. 
Digno de confiança, louvor, honra e adoração Ele é. 

"E estará o arco nas nuvens e eu o verei, para me lembrar da aliança eterna entre Deus e toda a alma vivente de toda a carne, que está sobre a terra."  

Vamos nos lembrar sempre dessa linda aliança.

texto bíblico
Gênesis 8 e 9.

DEUS É LINDO. 

No próximo domingo haverá a quarta e última parte desta série bíblica "Noé".


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO