I Pedro

 [Série Bíblica: Simão Pedro] Na primeira parte desta série o tema foi o período em que Simão Pedro foi discípulo de Jesus. Hoje será sobre a carta que ele escreveu aos cristãos da Primeira Igreja que estavam espalhados em várias regiões por causa da perseguição que vinham sofrendo pela sua fé em Cristo.  
Pedro também se tornou alvo do Império Romano mas, como foi dito na parte I da série, ele foi fiel até o fim. As suas cartas estão na Bíblia Sagrada e são destinadas à Igreja de hoje também.
Vamos ver: 

I Pedro é uma epístola que foi escrita para encorajar os cristãos daquela época que viviam um período difícil e além disso, também trouxe várias exortações: à santidade, à união e ao amor; reforçou os deveres cristãos e  deu ainda, conselhos conjugais.
Ela é composta de 5 capítulos e possui uma linguagem aprimorada mas muito clara.
O apóstolo pode tê-la escrito antes do ano 64 d.C (pouco antes da perseguição de Nero aos cristãos). 

CAPÍTULO 1 - 

Introdução e Louvor 

"PEDRO, APÓSTOLO de Jesus Cristo, aos estrangeiros dispersos...
Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para o obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas.
Ao qual, não o havendo visto, amais; 
Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas." 

Exortação à Santidade

"Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver, 
Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.
Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para caridade fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro.

Porque toda a carne é como a erva, e toda glória do homem como a flor da erva. Seca-se a erva, e cai a sua flor.
Mas a palavra do Senhor permanece para sempre; e esta é a palavra que entre vós foi evangelizada." 

CAPÍTULO 2

"DEIXANDO, POIS, toda a malícia, todo o engano, fingimentos, invejas e todas as murmurações,

Cristo o Fundamento da Igreja

"E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada na verdade pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, 
Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 
Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia." 

Deveres Cristãos  

 "Tendo o vosso viver honesto entre os gentios [gentio = quem não é cristão]; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus...
Sujeitai-vos, pois, a toda a ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior; 
Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem.
Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens loucos; 

Honrai a todos. Amai a fraternidade. Temei a Deus. Honrai ao rei.

Vós, servos, sujeitai-vos com todo o temor aos senhores, não somente aos bons e humanos, mas também aos rigorosos.
Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas.
O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; 




CAPÍTULO 3 

Conselhos Conjugais

"SEMELHANTEMENTE, VÓS mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos...
Considerando a vossa conduta casta e respeitosa. 

O enfeite delas não seja o exterior...
Mas na beleza interior; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.
Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; 

Igualmente vós, maridos, vivei com ela com entendimento, dando honra à mulher (...) como aqueles que juntamente com elas sois herdeiros da graça da vida, para que não sejam impedidas as vossas orações."

Unidade e Amor

"E finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis.
Não tornando mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; 

Porque quem quer amar a vida e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano.

Aparte-se do mal e faça o bem; busque a paz e siga-a.

Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos atentos às suas orações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal.

E qual é aquele que vos fará mal, se fordes zelosos do bem?" 

Suportar as Perseguições

"Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis; 
(...) e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós,
Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo.

Porque melhor é que padeçais fazendo o bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo o mal." 

CAPÍTULO 4  

Viver para Deus

"Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências [concupiscência = desejos carnais e pecaminosos; viver somente para o prazer] dos homens [homens = seres humanos], mas segundo a vontade de Deus.

Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios [gentio = quem não é cristão], andando em dissoluções, concupiscências, orgias, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias; 

E [os não cristãos] acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós.
Os quais [eles] hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos.

E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração.

Mas, sobretudo, tende ardente caridade uns para com os outros; porque a caridade cobrirá a multidão de pecados.

Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus [que estão na Bíblia]; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém."

Os sofrimentos dos Cristãos

"Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios,

Mas, se alguém sofre como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte.

Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? 

E se o justo apenas se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?

Portanto também os que padecem segundo a vontade de Deus encomendem-lhe as suas almas ao fiel Criador, fazendo o bem." 

CAPÍTULO 5

Conselhos aos líderes e jovens

"Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância... 

Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.
E quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória.

Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos [ancião = pessoa mais velha] e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; 

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Sede sóbrios [sóbrio = moderado, equilibrado] e vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;"

Saudações e Benção 

"Ora o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, o mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça.

A ele seja a glória e o poder para todo o sempre. Amém. 

... Paz seja com todos vós que estais em Cristo Jesus. Amém."  

******************************************************

Aí está a mensagem da palavra de Deus que foi escrita na Primeira Epístola Universal do Apóstolo Pedro aos cristãos de ontem e de hoje. 

Quero dizer que ela continua valendo para a nossa vida e está com uma linguagem muito clara e de fácil entendimento não havendo portanto a necessidade de maiores explicações.  

Que o Espírito Santo continue falando e tocando em nossos corações e que venhamos viver e aplicar esses gloriosos ensinamentos todos os dias em nossas vidas.

É uma palavra linda e maravilhosa e que nos traz um ensinamento completo sobre como Deus deseja que nos portamos: em nossa vida cidadã, familiar e espiritual. 

Leia na Bíblia o texto completo dessa carta: I PEDRO e seja ainda mais edificado. 

(I Pedro).

A nossa série "Simão Pedro", será concluída na próxima terça-feira.

Se você não leu a primeira parte, clique no link abaixo: 


Obrigada.



Comentários