II Pedro

 [Série Bíblica: Simão Pedro] - Final: Hoje eu trago a 3ª e última parte desta série e quero dizer que cada vez mais fico maravilhada com a palavra de Deus. Como Ele é Fiel e Santo e já deixou tudo bem esclarecido para nós. Nos cabe tão somente viver segundo a Sua vontade. 
Se a primeira carta de Pedro aos cristãos trouxe muitos ensinamentos práticos, na sua segunda carta ele traz orientações sobre temas impactantes como por exemplo o fim do mundo. 
Deus é muito maravilhoso e a Bíblia realmente é um livro completo e nos traz as respostas de que precisamos. Por isso que a cada vez que nós lemos e com a inspiração do divino Espírito Santo temos a certeza de estar no caminho certo e de qual é a vontade divina para a nossa vida. 

II PEDRO foi uma carta escrita por Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, que viu a Sua glória e majestade e contemplou os Seus feitos aqui na terra.
Essa epístola foi escrita pouco antes de sua morte, provavelmente entre 65 e 66 d.C na cidade de Roma onde Simão Pedro foi martirizado por ocasião das perseguições do imperador Nero à igreja de Cristo. 

"E tenho por justo, enquanto estiver neste tabernáculo, despertar-vos com admoestações,
Sabendo que brevemente hei de deixar este meu tabernáculo, como também nosso Senhor Jesus Cristo já mo tem revelado.
Mas também eu procurarei em toda a ocasião que depois da minha morte tenhais lembrança destas coisas." 

CAPÍTULO 1 

SIMÃO PEDRO, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: 

Graça e paz vos sejam multiplicadas... 

E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, à virtude a ciência,
E à ciência a temperança, à temperança a paciência, à paciência a piedade,
E à piedade o amor fraternal e ao amor fraternal a caridade.

Portanto irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.

E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro...
Sabendo primeiramente : Que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo." 

Esta mensagem registrada nas Sagradas Escrituras não vem de nenhum ser humano mas sim do Espírito Santo de Deus e por isso nós a obedecemos. Ela traduz a vontade do Pai para nós. 




CAPÍTULO 2

Falsos Mestres e Falsas Doutrinas

"E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.

E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho de verdade.

E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a condenação...

JUÍZOS PASSADOS

"Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo; 

E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios; 

E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente; 
E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis

(Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);

Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;

Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências e imundícia, e desprezam as dominações; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;

Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção...
Tendo os olhos cheios de adultério e não cessando de pecar... 

Prometendo-lhes [aos outros] liberdade, sendo eles mesmos escravos da corrupção.

Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;" 

Está aí a palavra de DEUS.
Falando dos ímpios, dos falsos mestres, enfim, dos que praticam a iniquidade.
Foram recordados os julgamentos anteriores quando o Senhor não perdoou e não poupou nem anjos e nem seres humanos que se rebelaram contra Deus. 
E para os que vivem assim hoje, haverá igual condenação.

Cuidados com os falsos doutores que prometem "liberdade" sendo que eles mesmos são escravos do pecado. Eles te enganam. Eles mesmos estão perdidos.

Sem Jesus não há liberdade.
O pecado acorrenta, escraviza e te leva para a perdição eterna.
Somente Jesus liberta.

E não adianta fugir: Deus é justo e o pecado não fica sem punição.
Está bem claro: Com Deus ninguém brinca. 

CAPÍTULO 3 

A segunda vinda de Jesus

"AMADOS, ESCREVO-VOS agora esta segunda carta...
Para que vos lembreis das palavras que dantes foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.

Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências,
E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? (...) todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

Mas os céus e a terra que agora existem (...) se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia, mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

O FIM DO MUNDO

"Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.

Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato e piedade,

Aguardando e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão? 

Pelo que, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz." 

CONSELHOS FINAIS

"Vós portanto, amados, sabendo isto dantes, guardai-vos de que pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados [indo na onda deles; caindo no pecado], e descaiais da vossa firmeza; 

Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém."  


Como eu disse também no post de I Pedro, nesta carta a linguagem está clara e não há necessidade de mais explicações. 

Sabendo que em toda a Bíblia Sagrada não encontramos nenhuma contradição e nem confusão.

Amor, justiça e juízo de Deus nós podemos encontrar até mesmo no livro dos Salmos.
Estão nas profecias e se repetem em todo o Novo Testamento como nessas cartas de Pedro.
Então não sobra nenhum espaço para dúvidas ou confusões porque a mensagem é clara. 

O que devemos fazer é continuar lendo e meditando e aplicando diariamente em nossa vida até o Senhor Jesus voltar.
Vivendo em santidade, equilíbrio, amor e paz para com todos.  

Pois, o juízo vem. Certamente ele virá.
E o tempo que estamos tendo é unicamente para o ARREPENDIMENTO E CONVERSÃO A JESUS CRISTO.

Creia nesta palavra.
Ele diz que voltará - é porque certamente VOLTARÁ.

Este mundo como vemos hoje chegará ao fim porque Deus sempre tem um novo plano para os seus filhos.

Você que está neste caminho não desista.
O povo de Deus do passado também sofreu por viver em um mundo imerso no pecado e fazendo a vontade de Satanás.
Mas eles venceram. Jesus nos garantiu: a vitória é certa.
Tudo vai valer a pena. 


Texto bíblico: II Pedro

Para ler os outros posts da série "Simão Pedro" clique nos links abaixo: 




Comentários