O cântico de Davi

 [Série Bíblica: Cânticos da Bíblia] Hoje eu trago o cântico de Davi para a nossa meditação. Como já falei nesta série, por trás de cada cântico da Bíblia, há uma linda história e o agir de Deus. E com Davi não foi diferente porque o que não faltou em sua vida foram histórias e vitórias para contar. 
Neste cântico Davi mostra a sua total confiança em Deus e ainda testemunha tudo o que o Senhor é capaz de fazer para livrar e dar vitória aos seus servos.
Pois, viver com Deus é ter vitórias e motivos para cantar.   

O cântico de Davi




"E FALOU Davi ao Senhor as palavras deste cântico, no dia em que o Senhor o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul. 

Disse pois: O Senhor é o meu rochedo, o meu lugar forte e o meu libertador.

Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu alto retiro e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas.
O Senhor, digno de louvor, invocarei e de meus inimigos ficarei livre.

Porque me cercaram as ondas de morte; as torrentes de Belial me assombraram.
Cordas do inferno me cingiram; encontraram-me laços de morte.
Estando em angústia, invoquei ao Senhor e a meu Deus clamei; do seu templo ouviu ele a minha voz e o meu clamor chegou aos seus ouvidos.

Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque ele se irou.
Subiu fumaça de suas narinas e da sua boca um fogo devorador; carvões em chama saíram dele.
Abaixou os céus e desceu; e uma escuridão havia debaixo de seus pés.

Subiu sobre um querubim e voou; e foi visto sobre as asas do vento.
E por tendas pôs as trevas ao redor de si; ajuntamento de águas, nuvens dos céus.
Pelo resplendor da sua presença, brasas de fogo se acenderam.

Trovejou desde os céus o Senhor; e o Altíssimo fez soar a sua voz.
Disparou flechas e os dissipou; raios e os perturbou.
E apareceram as profundezas do mar e os fundamentos do mundo se descobriram; pela repreensão do Senhor; pelo sopro do vento das suas narinas.

Desde o alto me estendeu a mão e me tomou; tirou-me das muitas águas.
Livrou-me do meu poderoso inimigo e daqueles que me tinham ódio, porque eram mais fortes do que eu.
Encontraram-me no dia da minha calamidade; porém o Senhor se fez o meu amparo.
E tirou-me para um lugar espaçoso e livrou-me, porque tinha prazer em mim." 

 

Nos primeiros versos desse cântico, Davi mostra como depende de Deus e tem toda a sua confiança depositada no Senhor. 

Para Davi, Deus é o seu rochedo, o seu libertador, seu escudo e o seu refúgio, além de seu Senhor e Salvador.

Isso nos faz ver que Davi não contava somente com sua própria força e sempre foi assim em sua vida, desde antes de vencer Golias, pois Davi fazia tudo em nome do Senhor.

Em seguida ele descreve momentos difíceis que passou em sua vida, chegando próximo da morte tamanho o perigo que lhe rondava.
Mas o seu Deus era Forte e veio em seu auxílio.
O Deus de Davi nunca falhou.

Nos outros versos desse cântico o salmista descreve o agir de Deus em favor do seu servo.
Ele mostra o poder, a majestade e a glória do Senhor, o Todo-Poderoso que intervém em favor de seu povo.

Por isso, não se brinca com Deus. Somente Ele é o Senhor dos céus e da terra e de tudo o que há.
O que ele faz é grandioso e tremendo. 

"Recompensou-me o Senhor conforme a minha justiça; conforme a pureza de minhas mãos me retribuiu.
Porque guardei os caminhos do Senhor; e não me apartei impiamente do meu Deus.
Porque todos os seus juízes estavam diante de mim; de seus estatutos não me desviei.
Porém fui sincero perante ele; e guardei-me da minha iniquidade.
E me retribuiu o Senhor conforme a minha justiça, conforme a minha pureza diante dos seus olhos.

Com o benigno, te mostras benigno; com o homem íntegro te mostras perfeito.
Com o puro te mostras puro; mas com o perverso te mostras rígido.
E o povo aflito livras; mas teus olhos são contra os altivos e tu os abaterás." 

Nos versos acima, Davi declara o seu temor a Deus e a observância aos seus mandamentos.
Ele fala de justiça, pureza e sinceridade.
E como Deus respondeu a isso o livrando do mal.
Porque não tem para onde "fugir": ou a pessoa está com Deus ou não está. 
O Senhor nunca vai validar o pecado, a iniquidade. 
Portanto, se você está do lado dele, Ele está com você, assim como estava com Davi.

"Porque tu, Senhor, és a minha candeia; o Senhor ilumina as minhas trevas. 
Porque consigo passar pelo meio de um esquadrão; pelo meu Deus salto um muro.

Por que, quem é Deus, senão o Senhor? E quem é rochedo, senão o nosso Deus?

Deus é a minha fortaleza e a minha força; ele perfeitamente desembaraça o meu caminho.
Faz ele os meus pés como os das cervas e me põe sobre as minhas alturas.

Também me deste o escudo da tua salvação e pela tua brandura me vieste a engrandecer." 

Há outro Deus como esse?
Um Deus que livra e exalta?
Que defende e honra os seus servos? 
Esse é o Deus que merece todos os cânticos.


Ele é o Deus de Davi e o nosso Deus também.
E não existe outro.


O ensinamento que aprendemos com esse cântico é depender de Deus, O tendo como nossa salvação em todo o tempo, servindo-O com coração sincero e pureza de mãos.
Nós aprendemos um pouco mais sobre Quem Deus é e Como ele faz.

Deus não falha.
Quem está com ele sempre cantará vitória.

"Vive o Senhor e bendito seja o meu rochedo; exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação,
E o que me tira dentre os meus inimigos; tu me exaltas sobre os que contra mim se levantam e do homem violento me livras. 
Por isso, ó Senhor, te louvarei entre os gentios e entoarei louvores ao teu nome.
Ele é a torre das vitórias do seu rei e usa de benignidade com o seu ungido, com Davi, e com a sua descendência para sempre."
 
Leia o cântico completo em: 
I Samuel 22.

Esse cântico também se iguala ao Salmo 18

Amanhã teremos outro cântico da Bíblia Sagrada para encerrar a série.

Obrigada!

Leia os outros post da série - clique abaixo: 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO