Série Bíblica: Tiago

[Nova série: Tiago - Parte I] A série de junho começa hoje e termina no sábado. Tiago, um dos livros da Bíblia e nome de um apóstolo de Cristo. Esse Tiago era irmão de Jesus: "E não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor." - disse Paulo em Gálatas 1.19.
Tiago passou da incredulidade à fé firme no Senhor. Ele foi ancião e pastor da igreja em Jerusalém e segundo o historiador Josefo, Tiago foi martirizado no ano 62 d.C. 
A carta de Tiago provavelmente foi o primeiro livro do Novo Testamento a ser escrito. 
A data fica entre os anos de 48 a 62 d.C.  

O tema versa sobre a fé e a maturidade cristã e envolve muitos assuntos da vida cotidiana.
O livro de Tiago está cheio de exemplos e conselhos práticos, por isso é de fácil entendimento.
Tem uma linguagem simples e direta mas sem deixar de trazer ensinamentos profundos e muito, muito espirituais.
Tiago é uma epístola que deve ser sempre lida, relida e lembrada, principalmente nos dias atuais. Sem falar de colocar o aprendizado em prática.
Eu particularmente sempre gostei e é um dos meus livros preferidos da Bíblia. 

Hoje teremos a parte I da série e trarei aqui os capítulos 1 e 2 com transcrições de vários versículos e junto, a mensagem do Senhor para a nossa vida. 

Espero que você leia e aprenda ainda mais da palavra de Deus, pois eu também já estou aprendendo. 
Vamos lá...  






Epístola Universal do Apóstolo

Tiago


1

Ele inicia sua carta assim: 

"TIAGO, SERVO de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que andam dispersas, saúde."

Tiago não se apresentou como irmão de Jesus ou pastor mas ele se auto intitulou de "servo de Deus e de Jesus Cristo", mostrando assim o seu amor e entrega ao Senhor.
Se antes, como membro da família de Jesus ele não cria que seu irmão era o Cristo, agora era diferente: para Tiago, Jesus não era mais seu irmão e sim seu Senhor. 

"Doze tribos dispersas" é uma referência aos judeus que tinham se espalhado por outras regiões por causa da perseguição. 

Depois de se apresentar, Tiago diz: 

"Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações,
Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma." 

Veja só que palavra de conforto nós lemos acima. 
Tiago começa citando "tentações e prova da fé" para mostrar à igreja que isso faz parte da vida cristã.
Faz parte, é difícil mas não é o fim.
Precisamos pois, exercitar a paciência para chegarmos à maturidade espiritual. 
Está sendo provado ou tentado? Siga firme sem desviar da palavra do Senhor para obter vitória contra o mal: 

"Bem-aventurado o homem que suporta a tentação, porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam."  

A tentação vem de Deus? Nunca: 

"Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta." 

A tentação acontece porque: 

"Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado [enganado, iludido] pela sua própria concupiscência [cobiça, carnalidade].

Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte." 

Aí vemos que ninguém pode culpar a Deus pelos seus próprios erros.
O pecado acontece a partir da atração e desejo (tentação) e sendo satisfeito esse desejo, o pecado é concretizado e gera a punição divina. 

Por isso temos que ler a Bíblia para aprendermos. 
Você não pode ficar dependente do seu pastor para lhe dizer o que é certo ou errado.
Como cristão ou cristã, ler e examinar as Escrituras é sua obrigação. 

E outra: ao cristão não é dado liberdade para pecar.
Se pecar, está sujeito à correção divina. 

O estudo do livro de Tiago vai continuar mas agora eu vou repartir os assuntos em tópicos.
Ainda estamos no capítulo 1.
Acompanhe na sua bíblia. 

Praticar é fundamental

"Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas.

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos." 

Leu, ouviu a palavra do Senhor, comece a colocar em prática os seus ensinamentos.
Viver como a Bíblia ensina: "... rejeitando a imundícia [sujeira do pecado] e superfluidade de malícia [quer dizer, a malícia é desnecessária na vida do cristão].

Receba essa palavra de boa vontade e cumpra-a. 
É isso o que o Senhor deseja de nós. 

Falar menos e ouvir mais

"Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus." 

Falar muito e se irar não resolve.
Para Deus agir em nosso favor, precisamos nos conter.
Vamos ouvir mais e falar menos porque: 

"Se alguém entre vós cuida ser religioso e não refreia a sua língua, (...), a religião desse é vã."

2

Chegamos ao capítulo 2: 

Acepção de pessoas

"MEUS IRMÃOS, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.

Porque, se no vosso ajuntamento entrar algum homem com anel de ouro no dedo, com trajes preciosos, e entrar também algum pobre com sórdido traje,
E atentardes para o que traz o traje precioso e lhe disserdes: Assenta-te tu aqui num lugar de honra, mas disserdes ao pobre: Tu, fica aí em pé, ou assenta-te abaixo do meu estrado, 

Porventura não fizestes distinção entre vós mesmos? (...) 

Mas vós desonrastes o pobre. Porventura não vos oprimem os ricos, e não vos arrastam aos tribunais?
Porventura não blasfemam eles o bom nome que sobre vós foi invocado?" 

Acepção de pessoas sempre existiu e hoje ainda perdura com intensidade mas é algo inaceitável pois a própria Bíblia condena. 
Rico x pobre. Se nem Deus faz essa distinção por que nós faremos? 
Observe se você não age assim ao dar crédito somente para aquele pastor famoso ou cantor famoso.
Líder de igrejas que dá espaço e voz somente para quem é rico ou conhecido.
Quem age assim está fora da palavra de Deus: 

"Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redarguidos pela lei como transgressores.

Porque qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.

Assim falai e assim procedei..."

Fé ou obras

O que é mais importante segundo a palavra do Senhor? 
Tiago diz: 

"Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé e não tiver as obras? 

... dirá alguém: Tu tens a fé e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, que eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras." 

Aí então já temos a resposta. 
Do que adianta aparentar ter fé e não mostrar nenhuma obra?   
Dizer que é cristão, que crê em Deus mas não fazer nada que prove essa fé: 

"Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o creem, e estremecem."

Olha só que forte.
A questão fundamental não é somente crer mas sim provar que a sua fé é verdadeira. 
Até os espíritos malignos creem em Deus porque sabem que Ele existe mesmo e tem todo o poder, mas do que adianta?

Por isso Tiago trouxe essa questão para alertar os crentes. 
Precisamos sim da fé, a nossa salvação é pela fé em Cristo, mas se temos fé, vamos provar isso em algum momento, entende? 
Quem tem fé em Jesus Cristo age. Toma a iniciativa, sai do lugar em que está e parte para a ação.
Se ver alguém precisando de ajuda, vai ajudar. 

É o exercício da fé e do amor colocado em prática. 

Na vida do cristão e da cristã, fé e obras devem andar juntos, porque se você não faz o que pode fazer, sua fé é anulada: 

"Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma." 

Vamos examinar como estão as nossas obras?
Pois, segundo a palavra de Deus escrita por Tiago, as obras são o indicativo da FÉ. 

****************************************************************************


E assim termino a parte I da série Tiago
Carta essa que foi escrita aos cristãos da Igreja Primitiva e que pelo grande amor de Deus chegou até nós, a igreja do arrebatamento ou tempo final. 

Palavra essa que permanece e que não pode ser apagada. 

Continue lendo essa mensagem aqui e na sua bíblia: 
Até quinta-feira com a continuação da série. 

"Não erreis, meus amados irmãos.
Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?
A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e guardar-se da corrupção do mundo." 

Texto bíblico: 
Tiago capítulos 1 e 2. 

Informações e dados históricos: Bíblia de estudo da mulher da Sociedade Bíblica do Brasil - sbb.