O maior amor que há

Falar da "Paixão de Cristo" é falar do maior amor que há. Sabe a maior prova de amor que existe? É essa. Deus provou o seu grande amor por nós dando o seu único filho pra morrer em nosso lugar.
Você pode ir em todos os lugares e andar em todos os caminhos mas não vai achar uma prova de amor maior do que essa.

A PAIXÃO DE CRISTO


"Bem sabeis que daqui a dois dias é a páscoa, e o Filho do homem será entregue para ser crucificado." 
(Mateus 26.2)

Este foi o aviso que o Mestre deu para os seus discípulos.
E quem o trairia? 

"Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes, 
E disse: Que me quereis dar e eu vo-lo entregarei?
E eles lhe pesaram trinta moedas de prata," 
(Mateus 26.14-15)

Na última ceia: 

"Em verdade o Filho do homem vai, como acerca dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do homem é traído!"
(Mateus 26.24)

No Getsêmani: 

"A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui e velai comigo."
(Mateus 26.38)

Jesus Cristo, como humano, sentiu angústia e anteviu o terror da morte. Ele ficou triste e teve aflição e dor: 

"Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres." 
(Mateus 26.39)

Jesus, um filho santo e obediente, para chegar ao ponto de pedir a Deus que o livrasse, era porque ele estava sofrendo muito.
Imagine: ele não tinha cometido nenhum crime, nenhum pecado. Ele ia fazer isso por NÓS, os verdadeiros culpados.
Veja o tamanho desse AMOR.

Quando foi preso: 

"Mas tudo isto aconteceu para que se cumpram as escrituras dos profetas."
(Mateus 26.56)

No sinédrio: 

"Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado a direita do Poder e vindo sobre as nuvens do céu." 
(Mateus 26.64)

Depois de ser agredido violentamente, cuspido e desprezado, o filho de Deus foi apresentado ao governador romano Pilatos que o interrogou.
O encaminhou para Herodes onde Jesus foi escarnecido e também humilhado.
De volta para Pilatos, a multidão escolheu soltar o bandido Barrabás e crucificar Jesus.

Na crucificação: 

Jesus Cristo foi traído por um dos seus discípulos.
Ao ser preso, os outros discípulos fugiram, o abandonando.
O Senhor agora estava nas mãos de seus inimigos.
Pedro negou que o conhecia.
O Senhor sofria, sendo espancado e torturado junto com o escárnio e toda a humilhação.
Foi crucificado entre dois criminosos como se ele também fosse um deles.
A dor e a solidão era tamanha que no auge de sua agonia, Jesus exclamou: 

"... Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?"
(Mateus 27.46)

Ele se sentiu tão só...
Mas foi até o fim para cumprir o plano divino e trazer esperança ao mundo.

pixabay 


Se isso não é amor, o que seria amor então?

Alguém morrer pelos nossos pecados só para nos dar uma chance?
Com o seu sacrifício na cruz, lá no monte Calvário, naquela tarde sombria de uma sexta-feira, Jesus se tornou o cordeiro pascal para que os nossos pecados fossem perdoados por Deus e assim pudéssemos nos chegar a Ele novamente.
Ele deu a sua vida por nós, para nos salvar.
Eu repito: se isso não é amor, então o que é amor para você?

Ninguém nunca amou e ninguém nunca se importou tanto com o ser humano tal como Deus, o Criador.

E agora, o que podemos lhe dar em troca?
Crer nesta palavra, abraçar a mensagem da cruz e aceitar Jesus Cristo como o nosso Salvador.
Porque somente Ele fez isso por nós.
Não há outro salvador, não há outro caminho.

Se renda a Jesus e o tenha como o Senhor de sua vida.
Sabendo que um dia ele voltará para estarmos ainda mais pertos no reino celestial.

"Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele e pelas suas pisaduras fomos sarados." 
(Isaías 53.5)

pixabay 


Cristo, o símbolo da Páscoa!
Obrigada Senhor por fazer tanto por nós.
Se você ama, você está perto de Deus porque Deus é amor.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
(João 3.16) 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 91 - LIVRAMENTO

A família de José

A família de Eli