A família de Moisés

[Série Bíblica: Família] Olá... a nossa série "Família" continua e hoje a família bíblica abordada é a família de Moisés. Se você não leu as outras duas postagens da série clique aqui e aqui.  
Vamos lá, ver como tudo começou: 
"E FOI um homem da casa de Levi e casou com uma filha de Levi.

E a mulher concebeu e deu à luz um filho e vendo que ele era formoso, escondeu-o por três meses.

Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos e a revestiu com betume e piche; então pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio.

E sua irmã ficou de longe, para saber o que lhe havia de acontecer.

E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; então ela viu a arca no meio dos juncos e enviou a sua criada, que a tomou.

E abrindo-a, viu o menino que chorava; e moveu-se de compaixão dele e disse: Dos meninos dos hebreus é este.

Então disse sua irmã à filha de Faraó: Irei chamar uma ama das hebreias, que crie este menino para ti?

E a filha de Faraó disse-lhe: Vai. Foi, pois, a moça e chamou a mãe do menino.

Então lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino, cria-o para mim, e eu te darei o teu salário. E a mulher tomou o menino e o criou.

E, quando o menino já era grande, ela o trouxe à filha de Faraó, a qual o adotou e chamou-lhe Moisés, pois disse: Porque das águas o tenho tirado."  

Assim começa a história de Moisés, aquele que se tornou depois, o grande líder que tirou o povo de Israel do Egito. 
Mas, se dependesse de Faraó, Moisés não existiria.
Aqueles eram tempos muito difíceis para o povo israelita. Esse povo havia se multiplicado grandemente na terra do Egito e começou  incomodar Faraó, pois, ele temeu a quantidade numerosa e a força dos hebreus: 
"Eis que o povo dos filhos de Israel é muito e mais poderoso do que nós."

 Foi quando a perseguição começou e a escravidão também: 

"E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas.  

E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza; 

Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, além de todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza."

A vida estava muito dura para o povo de Israel. Toda aquela geração de José, [que foi governador do Egito], e de todos os seus 11 irmãos [eles eram filhos de Jacó], já havia passado e agora os tempos eram outros. 

E esse novo rei do Egito, que não conhecera José, resolveu oprimir de tal forma os filhos de Israel [que tinham aumentado e se fortalecido grandemente], que chegou ao ponto de determinar que os bebês meninos israelitas fossem mortos: 

 "E o rei do Egito falou às parteiras Sifrá e Puá, 

E disse: Quando ajudardes no parto as hebreias, se for filho, matai-o..."

Mas as parteiras não fizeram isso: 

"As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como o rei do Egito lhes dissera, antes conservavam os meninos com vida.

Portanto Deus fez bem às parteiras."

Como Faraó não teve êxito em seu plano com as parteiras, ele tomou outra decisão: 

"Então ordenou Faraó a todo o seu povo, dizendo: A todos os filhos que nascerem lançareis no rio, mas a todas as filhas guardareis com vida."   

 
arte/blog 


 Ao nascer, o "destino" de Moisés, já estava "determinado". Como ele era um bebê hebreu, nasceu condenado à morte. 
Mal sabia Faraó que o Deus o qual a família de Moisés servia, sempre chega primeiro, pois o Todo-Poderoso, já tinha um plano na vida daquele menino. 

Moisés nasceu de uma mulher que NÃO SE CONFORMOU com a imposição de um rei cruel. Primeiro que ela já escondeu o bebê Moisés assim que ele veio ao mundo. E ela fez isso por 3 meses.
Isso já nos mostra que a mãe de Moisés não desistia tão fácil de sua família. Ela queria salvar o seu filhinho amado a todo custo. 
E ela conseguiu. Graças à boa mão do Senhor de Israel. 

Certamente as outras mamães hebreias também queriam salvar os seus bebês e sofreram MUITO suas perdas. 
A mãe de Moisés foi muito feliz pelo plano divino para a sua família e o Senhor lhe deu sabedoria para agir naquela situação tão delicada, de grande perigo. 

Quando não foi possível mais esconder o bebê Moisés, sua mãe então lhe preparou, com todo cuidado e zelo, um abrigo para ele e o levou para a margem do rio Nilo.
A irmã de Moisés também não desistia. Ela acompanhou a sua mãe e depois ficou pela área, mas afastada, para ver o que ia acontecer.

A lição da família de Moisés

O que nós aprendemos hoje com essa família? 
A palavra é: NÃO DESISTA.
Não desista dos seus, daquilo que o Senhor já te deu. Nunca desista de sua família.
Não importa a situação ou o cenário. Pode parecer que tudo já está perdido e que haja até mesmo [como no caso do bebê Moisés], uma sentença de morte.   
Mas se você NÃO DESISTIR e confiar no Senhor, lutando até o fim, você verá o grande livramento para os seus entes amados. 

Não importa a ordem que tenha sido dada ou o mal que esteja sendo planejado. 
Há um Deus que é MAIOR do que tudo e que controla o destino de cada um. Ele está acima de reis, faraós e de Satanás. 
Somente Deus faz isso: ele tem o poder para mudar situações e reverter sentenças.

Na família de Moisés nós podemos ver uma mãe corajosa e uma irmã cuidadosa.  
Ela foi obrigada a colocar seu bebê dentro de um cesto, feito de plantas e tampado com cuidado, (imagine a dor em seu coração de ter que se separar de seu filho) mas em seu íntimo ainda havia ESPERANÇA. A esperança de que algum milagre acontecesse. E não há esperança sem fé. Deus honra a nossa fé. 
A irmã de Moisés, por sua vez, também foi com ele até o fim.
E quando nós cremos que o milagre pode acontecer e fazemos a nossa parte, então Deus começa a agir... 

ELE colocou a filha de Faraó lá naquele rio e naquele momento somente para salvar o pequeno Moisés.
Aquele cestinho na margem do rio lhe chamou a atenção e ela quis ver o que tinha dentro.
Ao abrir, deparou-se com um bebê que chorava e o seu coração derreteu...

E quem já estava ali, agora de pertinho, vendo tudo? 
A esperta irmã de Moisés que mais que depressa se ofereceu para chamar uma hebreia que criasse o menino para a filha de Faraó.
Então ela trouxe a sua própria mãe [como não poderia deixar de ser] e o bebê foi salvo.  

A mãe de Moisés teve o seu filho de volta e o criou até ele crescer recebendo também um salário por isso.

NINGUÉM pode impedir os planos de Deus em nossa vida. 
Ninguém pode mudar o que ele já determinou.
Não importa o que o diabo tente fazer. Deus sempre chegará primeiro e a sua providência é completa. 

Faça como a mãe de Moisés: faça TUDO o que puder para salvar a sua família e deixe o resto com Deus porque ele sabe LIVRAR, SALVAR e dar um destino de vitória.

A história de Moisés foi escrita pelo próprio Deus, do início ao fim e ele foi um grande vencedor.
Deixe Deus também escrever sua história.

Texto bíblico: 
Êxodo - capítulos 1 e 2.

No próximo sábado teremos mais uma parte da série bíblica "Família" onde será abordada outra família da Bíblia Sagrada.
Sua presença aqui é sempre muito bem-vinda. 
Compartilhe se achar que alguém pode se interessar.
Obrigada! 

Outros posts da série Família - clique nos links abaixo para ler:





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO