Reis da Bíblia: Josafá

[Série Bíblica: Reis da Bíblia] Hoje eu trago a história do rei Josafá, que reinou em Judá. 


J O S A F Á 



"JOSAFÁ, SEU filho, reinou em seu lugar e fortificou-se contra Israel.
E o Senhor era com Josafá, porque andou nos primeiros caminhos de Davi e não buscou a Baalim.
Antes buscou ao Deus de seu pai, andou nos seus mandamentos...
E o Senhor confirmou o reino na sua mão e todo o Judá deu presentes a Josafá; o qual teve riquezas e glória em abundância.
E exaltou-se o seu coração nos caminhos do Senhor e, ainda mais, tirou os altos e bosques de Judá." 






Josafá era filho do rei Asa e durante os seus respectivos reinados fizeram coisas semelhantes. 
Por exemplo: tal como Asa, Josafá não tolerou a idolatria em Judá e estimulou o povo a adorar ao único Deus. 
Asa e Josafá foram grandemente abençoados por Deus e tiveram paz durante seus reinados.
Nos momentos de guerra, obtiveram vitórias. 
Também cometeram erros. 
Vamos ver mais o que é dito sobre o rei Josafá: 

Ele, Josafá, teve o cuidado de ensinar o povo.
Para isso, delegou a homens de sua confiança, a missão de saírem às cidades de Judá, levando com eles o livro da lei do Senhor a fim de instruir as pessoas. 

"E ensinaram em Judá, levando consigo o livro da lei do Senhor e visitaram a todas as cidades de Judá, ensinando o povo." 

O resultado? 

"E veio o temor do Senhor sobre todos os reinos das terras, que estavam ao redor de Judá e não guerrearam contra Josafá." 

O rei Josafá se tornava cada vez mais forte: 

"Cresceu, pois, Josafá, se engrandeceu extremamente e edificou fortalezas...
E teve muitas obras nas cidades de Judá e homens de guerra e valentes, em Jerusalém." 

Josafá e Acabe


Enquanto que Josafá reinava em Judá, Acabe era rei de Israel. 
Isso porque a nação de Israel tinha sido dividida em 2 reinos: norte (Israel) e sul (Judá). 
E enquanto que no norte a idolatria imperava, no sul, se adorava ao Deus verdadeiro. 

Mas Josafá e Acabe mesmo sendo diferentes e tendo práticas diferentes, acabaram se aproximando, pois deram seus filhos em casamento (Jeorão, filho de Josafá se casou com Atalia, filha de Acabe e Jezabel) - II Crônicas 21.6 

"TINHA, POIS Josafá riquezas e glória em abundância e aparentou-se com Acabe." 

E um dia, eles se encontraram: 

"E depois de alguns anos desceu ele para visitar Acabe em Samaria; então Acabe matou ovelhas e bois em abundância, para ele e para o povo que vinha com ele e o persuadiu a subir com ele a Ramote de Gileade." 

O rei Acabe resolveu tomar de volta a Ramote da Síria. Ele então convidou Josafá para guerrear com ele e Josafá aceitou. 
Os profetas falsos diziam que Acabe sairia vencedor da batalha e voltaria em paz.
Mas Josafá quis ouvir um profeta de Deus, e assim, Micaías foi chamado.
Acabe não gostava nem um pouco de Micaías porque ele sempre lhe trazia a repreensão divina: 

"Ainda há um homem por quem podemos consultar ao Senhor; porém eu o odeio, porque nunca profetiza de mim o que é bom, senão sempre o mal; este é Micaías...

E disse Josafá: Não fale o rei assim."

Então o profeta de Deus, Micaías, falou senão a verdade em nome do Senhor e ainda desmentiu os falsos profetas que tinham um "espírito de mentira". Claro que Acabe não gostou e ficou furioso, mandando o profeta de Deus para o cárcere.

Mas Micaías ainda lhe disse: 

"Se voltares em paz, o Senhor não tem falado por mim. Disse mais: Ouvi, povos todos!" 

Quem é de Deus transmite a mensagem segundo a vontade do Senhor e não para agradar o rei ou quem quer que seja.
Deus honra a sua palavra e não palavra de homem. 

Acabe foi para a peleja contra Ramote de Gileade junto com Josafá mas o seu destino já estava determinado.
Acabe resolveu entrar na batalha disfarçado mas o inimigo já tinha um plano: 

"Deu ordem, porém, o rei da Síria aos capitães dos carros que tinha, dizendo: Não pelejareis nem contra pequeno, nem contra grande; senão só contra o rei de Israel [Acabe]." 

E quase Josafá levou a pior porque ele estava lá, vestido como rei, e começaram a persegui-lo para o matar, achando que ele era Acabe:

"... porém Josafá clamou e o Senhor o ajudou. E Deus os desviou dele." 

Já Acabe não pôde contar com a ajuda divina: 

"Então um homem armou o arco e atirou a esmo, ferindo o rei de Israel..." 

O rei Acabe morreu naquele mesmo dia conforme a palavra do Senhor. 

Josafá e Jeú


Depois dessa batalha: 

"E JOSAFÁ, rei de Judá, voltou em paz à sua casa em Jerusalém. 
E Jeú, filho de Hanani, o vidente, saiu ao encontro do rei Josafá e lhe disse: Devias tu ajudar ao ímpio e amar aqueles que odeiam ao Senhor? Por isso virá sobre ti grande ira da parte do Senhor.

Boas coisas, contudo se acharam em ti; porque tiraste os bosques da terra e preparaste o teu coração para buscar a Deus." 

Josafá errou ao fazer aliança/acordo com Acabe (um rei que não adorava a Deus e cometia maldades).
E se não fosse a misericórdia divina, ele também teria sucumbido naquela guerra. 
Deus nos contempla e não faz vistas grossas à alianças que fazemos com o mal e com a impiedade. 
O Senhor não quer o seu povo misturado com costumes e tradições pagãs. 

Mas ainda assim, Josafá não deixou de servir ao verdadeiro Deus e o Senhor que é justo, também não se esqueceu de suas boas obras e de seu coração sincero para com Ele. 


O rei Josafá também determinou juízes para julgar as causas do povo com muita equidade: 

"E estabeleceu juízes na terra, em todas as cidades fortificadas, de cidade em cidade.
E disse aos juízes: Vede o que fazeis; porque não julgais da parte do homem, senão da parte do Senhor e ele está convosco quando julgardes.

Agora, pois, seja o temor do Senhor convosco; guardai-o e fazei-o; porque não há no Senhor nosso Deus iniquidade nem acepção de pessoas, nem aceitação de suborno." 

E mais: 

"E deu-lhes ordem, dizendo: Assim fazei no temor do Senhor, com fidelidade e com coração íntegro.
(...) esforçai-vos, pois e fazei-o; o Senhor será com os bons." 

Grande vitória 


"E SUCEDEU que, depois disto, os filhos de Moabe, os filhos de Amom e com eles outros dos amonitas, vieram à peleja contra Josafá.
Então vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria... 

Então, Josafá temeu, pôs-se a buscar o Senhor e apregoou jejum em todo o Judá.
E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao Senhor." 

Quando vem uma luta muito grande contra a nossa vida, a saída é buscar a Deus. 
Clamar pela ajuda daquele que é maior que tudo.
E foi o que o rei Josafá fez: 

"E pôs-se Josafá em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na casa do Senhor...
E disse: Ah! Senhor Deus de nossos pais, porventura não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos das nações? Na tua mão há força e potência e não há quem te possa resistir.

Porventura, ó nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo Israel e não a deste para sempre à descendência de Abraão, teu amigo? 

Ah! Nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti." 

Quando vem a guerra espiritual, o melhor a ser feito é orar, jejuar e se prostrar perante o Rei da Glória. 

E assim, logo o Senhor tranquilizou o seu povo: 

"Então veio o Espírito do Senhor, no meio da congregação, sobre Jaaziel...
E disse: Dai ouvidos todo o Judá e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá; assim o Senhor vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus.

Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã sai-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco." 

Deus é Fiel.
Se você está com Ele, Ele está com você. 
Um Deus tão lindo e maravilhoso, que peleja pelo seu povo.

"Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, adorando-o.

E levantaram-se os levitas, para louvarem ao Senhor Deus de Israel, com voz muito alta." 

Quando chegou o momento da batalha: 

"E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; então, ao saírem, Josafá pôs-se em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém: Crede no Senhor vosso Deus e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis;" 

Está aí a diferença: quer ser vencedor (a) nas batalhas da vida?
Creia no Senhor e creia na sua palavra. 

"E aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o Senhor, que louvassem à majestade santa, saindo diante dos armados e dizendo: Louvai ao Senhor porque a sua benignidade dura para sempre." 

O louvor a Deus também contribui para a vitória: 

"E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá e foram desbaratados.

Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores das montanhas de Seir, para os destruir e exterminar; então, acabando eles com os moradores de Seir, ajudaram uns aos outros a destruir-se." 

Enquanto o povo de Judá cantava, os seus inimigos se destruíam uns aos outros, pois o Senhor os emboscou. 
Não sobrou um: 

"Nisso chegou Judá a um lugar alto do deserto e olharam para a multidão, e eis que eram corpos mortos, que jaziam em terra e nenhum escapou."  

Quem consegue lutar contra Deus e vencer??? 

"Então voltaram todos os homens de Judá e de Jerusalém, tendo Josafá à frente deles e tornaram a Jerusalém com alegria; porque o Senhor os alegrara sobre os seus inimigos.

E veio o temor de Deus sobre todos os reinos daquelas terras, ouvindo eles que o Senhor havia pelejado contra os inimigos de Israel.
E o reino de Josafá ficou quieto; pois o seu Deus lhe deu repouso ao redor." 

Quer vitória e paz na sua vida? 
Adore ao Senhor, o único Deus verdadeiro.
Conte com Ele nas batalhas de sua vida. 
Clame, ouça a sua palavra e aguarde o livramento divino. 

Deu ruim 


"Porém, depois disto, Josafá, rei de Judá, se aliou com Acazias, rei de Israel, que procedeu com toda a impiedade.  

E aliou-se com ele, para fazerem navios que fossem a Társis...

Porém Eliézer, profetizou contra Josafá, dizendo: Porquanto te aliaste com Acazias, o Senhor despedaçou as tuas obras. E os navios se quebraram, e não puderam ir a Társis." 

Se você fizer aliança com o mal, se juntar com quem pratica a iniquidade, Deus não vai abençoar os teus projetos.
Você pode até tentar, construir seja lá o que for, mas isso não irá adiante.
Afinal, o seu pacto é com Deus ou com o pecado? 
Mesmo o rei Josafá tendo uma vida de devoção, o Senhor não o poupou e o repreendeu.
Porque só se chega adiante se Deus permitir. 

O fim de Josafá 


"E Josafá reinou sobre Judá; era da idade de trinta e cinco anos quando começou a reinar e vinte e cinco anos reinou em Jerusalém; o nome de sua mãe era Azuba...  

E andou no caminho de Asa, seu pai e não se desviou dele, fazendo o que era reto aos olhos do Senhor.

Ora, o restante dos atos de Josafá, tanto os primeiros como os últimos, eis que está escrito nas notas de Jeú, filho de Hanani, que as inseriu no livro da história dos reis de Israel. 

DEPOIS, JOSAFÁ dormiu com seus pais e foi sepultado junto a eles na cidade de Davi; Jeorão, seu filho, reinou em seu lugar." 


Texto bíblico base: 
II Crônicas capítulos 17-18-19-20-21.1 


A série bíblica "Reis da Bíblia" continua no sábado.
Acompanhe aqui neste blog.
Muito obrigada.