Lições de Jesus - 2

[Lições de Jesus - 2] Hoje vamos para a lição 2 dentre várias lições que Jesus nos ensinou.
São ensinamentos que servem para todas as áreas da vida sabendo que o aspecto espiritual é o mais sério e importante. 
Imagine aprender com Jesus. Imagine como as pessoas que conviveram com ele aprenderam. E hoje nós também temos essa rica oportunidade por meio da Bíblia Sagrada e com a leitura deste post. 
Por isso acompanhe aqui todos os domingos as lições de Jesus e se você não leu a lição 1, clique para ler
Vamos ver como é bom aprender com o Mestre dos Mestres, o Mestre mais perfeito e o maior de todos.   





Lições de Jesus - 2 


"Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?

Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, 

Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar." 

Ao citar esse exemplo, Jesus deu a lição do planejamento
A grande importância de planejar para o que se pretende realizar. 
A necessidade de se pensar a longo prazo, conferir os seus recursos disponíveis e verificar se realmente tem condições de levar qualquer projeto adiante. 

Temos planejado?
Sabemos o que pretendemos fazer e anotamos o que precisa ser feito e tudo o que vamos precisar para que tal plano se concretize? 

Ao citar o exemplo da construção de uma torre, Jesus contava que as pessoas que o seguiam, eram inteligentes e sábias para fazer um planejamento cuidadoso de algo que queriam realizar.
E assim ele mostrou como o planejamento é importante para começar e terminar e não deixar as coisas inacabadas, pela metade.  

Ao idealizar algo, temos realmente condições e recursos para bancar tal projeto e concluí-lo? 
Tudo isso deve ser levado em consideração e se vermos que não dá, é melhor não começar para assim evitar frustrações e zombarias. 

A grande lição 

Quando Jesus Cristo citou esse exemplo da construção da torre, ele estava falando com uma grande multidão.
Eram muitas e muitas pessoas que o estavam seguindo e ele percebeu que tinha gente que nem sabia ao certo porque o seguia.
Eram pessoas que poderiam ter ido no embalo da multidão ou foram seduzidas pelos milagres mas que não tinham levado em conta tudo o que implicava seguir Jesus.
E o Senhor não queria isso.
Sabe por que?
O Senhor deseja ter pessoas conscientes e que estejam preparadas para lhe servir.
Se não souber tudo o que envolve seguir Jesus e se não tiver condições de ir até o fim, não adianta.

Ou consideremos tudo o que precisamos para estar aos pés do Senhor ou em determinado momento vamos acabar o deixando.
O preço é alto.
Envolve entrega total, envolve renúncia: 

"Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.

Bom é o sal; mas, se o sal for insípido, com que se há de salgar?

Nem presta para a terra, nem para o lixo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça." 

Para se construir, é preciso materiais.
Para seguir Jesus, é preciso deixar tudo por ele.
Para ser seu discípulo, tem que ser diferente e fazer a diferença no mundo. 
Do contrário, não servirá.

Os discípulos do Mestre creram nele de tal forma que deixaram tudo o que tinham e se tornaram seus amigos.

E nós, o que temos deixado pelo Senhor? 
Qual é o preço que temos pagado?
Seguiremos com ele até o fim? 

"Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 

E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo." 

Levemos em conta tudo o que envolve seguir Jesus Cristo.
Estamos preparados? 

Texto bíblico: 
Lucas 14. 25 ao 35