A família de Davi

[Série Bíblica: Família - Final] Olá... e para  fechar a série bíblica "Família", falarei sobre a família de Davi. Veremos como os atos de um integrante de uma família podem impactar todos os seus membros. Davi, desde muito jovem sempre foi fiel a Deus e se tornou rei de todo o Israel. Ele foi vitorioso em muitas batalhas mas acabou por cometer dois erros terríveis. E hoje aqui eu não vou me deter nesses pecados e sim de como isso, mais tarde, lhe trouxe muitas perdas e amargura, para sua família e para a sua alma. Certamente o preço foi alto.
E tudo isso o que aconteceu nos mostra como os atos de uma pessoa podem trazer destruição para a família inteira.  

A família de Davi 

Depois da morte do rei Saul e de três de seus filhos, Davi se tornou rei em Judá. Com sete anos e meio reinando em Hebrom, Judá, Davi foi posto como rei de Israel.
Quando estava em Hebrom, Davi teve filhos de suas mulheres: Ammom, o primogênito, Quileabe, Absalão, Adonias, Sefatias e Itreão.
Já em Jerusalém, ele tomou para si mais concubinas e mulheres e teve mais filhos e filhas: Samua, Sobabe, Natã, Salomão, Ibar, Elisua, Nefegue, Jafia, Elisama, Eliada e Elifelete. 

O seu reino estava estabelecido e Davi era aprovado por Deus e por todo o povo.
Ele tinha tudo o que queria: Deus, o reino, riquezas e a sua família. Com certeza nada lhe faltava.
Mas um dia, ciente de tudo o que já havia conquistado inclusive as muitas vitórias nas guerras, Davi se achou no direito de não ir para mais uma peleja com o seu povo e ficou na casa real descansando.
Isso não foi bom. 

O erro de Davi 

Então ele estava lá deitado e se levantou. Passeando no terraço de sua casa, Davi avistou uma bela mulher que se banhava. Era Bate-Seba, mulher de Urias (que estava na guerra).
Foi então que o rei, perdendo a razão, se deitou com ela e cometeu o terrível pecado do ADULTÉRIO.

Bate-Seba logo engravidou e comunicou ao rei. Davi então mandou chamar o seu marido da guerra e tentou fazer com que ele se deitasse com sua mulher mas não conseguiu.
Urias foi mandado de volta para a peleja. Um outro plano de Davi já estava armado contra ele: o capitão do exército havia recebido a ordem do rei para colocar Urias na linha de frente e assim ser morto.
Urias, o marido de Bate-Seba, foi alvejado e morreu na guerra. [trama de Davi]
Agora, além do adultério, o rei Davi tinha cometido um HOMICÍDIO.

Erros muito graves, principalmente para alguém que fora ungido por Deus e andava em seus caminhos. 
Ele tomou uma mulher que não era sua e ainda matou um homem inocente: 
"Porém esta coisa que Davi fez pareceu mal aos olhos do Senhor." 

Foi Davi quem fez isso, ele era um rei ungido por Deus, mas não importava: ele pecou e o Senhor ia lhe COBRAR.

Não importa quem seja a pessoa ou o cargo/posição que ocupe.

A sentença divina

Deus enviou o seu profeta, Natã, para falar com Davi.
A repreensão começou com uma história que ilustrava toda a injustiça que o rei havia cometido e a mensagem do Senhor para Davi foi: 
"Assim diz o Senhor Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel e eu te livrei das mãos de Saul;  

E te dei a casa de teu senhor e as mulheres de teu senhor em teu seio; também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas.

Porque, pois, desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher..."  

O preço que Davi iria pagar: 
"Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste e tomaste a mulher de Urias..."
E tem MAIS: 
"Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, tomarei tuas mulheres perante os teus olhos e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol."

Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol."

Veja que não foi pouca coisa mas não acabou aí: 

"Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do Senhor blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá."   

Viu como os pecados de Davi trouxeram julgamento não somente para ele mas também para toda a sua família?
O bebê que Bate-Seba deu à luz, não sobreviveria: 
"... e o Senhor feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi e adoeceu gravemente."   
Davi ainda orou e jejuou por esta criança, pedindo a Deus que se compadecesse, mas de nada adiantou: o bebê morreu
E isso foi somente o começo de todo o preço que Davi pagaria por ter errado.

Ele reconheceu o seu pecado e foi perdoado pelo Senhor MAS as consequências são inevitáveis porque com Deus NINGUÉM brinca.  
 
arte/blog 

O mal na família de Davi

Além de já ter tido uma perda, coisas horríveis começaram a acontecer na casa e família do rei Davi: 

- Incesto 
Ammom, o filho primogênito de Davi, se apaixonou por sua irmã por parte de pai chamada Tamar
E como ele não via meios de se aproximar, foi aconselhado por um amigo e teceu um plano.
Então quando Ammom se viu a sós com Tamar forçou-a a se deitar com ele.
Em seguida, depois de ter feito isso, teve por ela uma grande aversão e não a quis mais junto dele, colocando-a para fora.
Tamar muito desolada pelo que lhe acontecera, foi consolada por seu irmão Absalão que a acolheu em sua casa.
"Absalão odiava a Ammom, por ter forçado a Tamar sua irmã." 

- Homicídio

Absalão nunca esqueceu o que Ammom tinha feito com Tamar e planejou uma vingança.
Passados 2 anos inteiros, Absalão convidou todos os filhos do rei Davi, seus irmãos, para um banquete.
E ele fez questão que Ammom fosse.
Era uma emboscada.  
Absalão havia ordenado aos seus servos que quando Ammom estivesse embriagado, o matassem.
E assim foi feito. Ammom foi morto e todos fugiram. 

- Rebelião 

Depois que passou um tempo fugido, Absalão voltou para a casa do pai, pois Davi, já consolado pela morte de Ammom, tinha saudades de Absalão.
Mas Absalão tinha planos: ele começou a desejar o trono do pai
Foi conquistando a simpatia e a confiança do povo e um dia, se declarou rei.
Assim se deu início a rebelião de Absalão contra o seu próprio pai, o rei Davi.
Com isso, e temendo pelo o que podia acontecer, Davi se viu obrigado a fugir levando consigo toda a sua casa e o povo que estava com ele. E foram andando a pé.
Um rei que já havia vencido tantas batalhas e era conhecido por sua força e por ter consigo muitos homens valentes, agora estava fugindo a pé do seu próprio filho.
Certamente foi uma situação muito triste e difícil para Davi.
Absalão queria realmente matá-lo.
Tomou conselho com um e com outro e por fim se decidiu, ele também, sair à peleja contra o seu pai.
Nessa batalha Absalão foi morto e o exército que estava com Davi venceu.
Mas Davi não se conformou com a morte de seu filho, pois tinha pedido que poupassem a vida do jovem Absalão.
E o rei, imerso em sua tristeza e dor, muito se lamentava: 
"Meu filho Absalão, meu filho, meu filho, Absalão! Quem me dera que eu morrera por ti, Absalão, meu filho, meu filho!" 

A lição da família de Davi

O que nós aprendemos com essa família?
Na verdade quem mais se destaca é o próprio Davi mas o que ele fez acabou por trazer destruição para os seus e grande amargura para a sua alma.

Davi era rei, ungido por Deus e que tinha vencido tudo em nome do Senhor, mas quando ELE PECOU, não ficou sem a devida correção.
Deus o perdoou, não lhe tirou a vida [veja a profecia de Natã], mas a SENTENÇA DIVINA foi executada.

Por causa dos pecados de Davi, um grande mal veio sobre toda a sua família e ele sofreu grandes perdas: 3 filhos mortos, além de uma filha que foi desonrada, e MUITO sofrimento e dor para a sua alma e o seu coração.

Davi sentiu e chorou a morte de seus filhos Ammom e Absalão não importando o que eles haviam feito de errado, pois Davi era um pai amoroso e conseguia perdoar.
O amor pela sua família era muito grande mas infelizmente teve coisas que ele não conseguiu evitar.  

Para nós:   

E nós, que também amamos muito a nossa família, vamos temer a Deus em TODO O TEMPO.
No tempo da guerra e da bonança, no trabalho e no descanso.
Não vamos nos esquecer da lei do Senhor e de seus mandamentos.
Para que assim, não venhamos cometer os mesmos erros que Davi cometeu, ou que seja OUTROS ERROS também, trazendo assim o JUÍZO DIVINO sobre a nossa casa e a nossa família.
Porque certamente DEUS COBRA.
E o preço sempre é muito maior do que o pecado cometido.

Davi praticou adultério e homicídio, ele foi injusto com um pobre homem que era seu servo mas nosso Deus não deixa nada de graça.
Ele não falou que "a espada jamais se apartaria de sua casa"?
Pois assim aconteceu, como nós vimos acima.

Se você ama a sua família, honre a Deus e a Sua palavra.
Não se desvie em nenhum momento.
Pois, do contrário, mesmo você sendo um ungido do Senhor, a COBRANÇA DIVINA virá, pois o MAIOR é Deus.

Texto bíblico: 
II Samuel capítulos 11 ao 18.  

E aqui termina a série bíblica "Família".
Você gostou? 

Compartilhe as postagens com quem você ache que precisa ler. Obrigada.  

Vou deixar os links da série família:
 









 

 



  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SALMO 46 - A Fé Perfeita em Deus

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

SALMO 91 - LIVRAMENTO